12.11.16

BALANÇO DA PETROBRAS MOSTRA QUE REDUÇÃO DE PREÇO DA GASOLINA É DEMAGOGIA ECONÔMICA

Por FERNANDO BRITO - Via Tijolaço -




Agora não tem mais “ajuste” de balanço por conta de Operação Lava Jato e de supostos superfaturamento de obras.
Isso já foi expurgado no ano passado, contabilizado como prejuízo líquido da Petrobras.
Agora, é operação normal da companhia e é por isso que é grave o que revela o balanço da empresa, divulgado hoje, para o terceiro trimestre de 2016.
balanpetrob1Olhe os números oficiais.
O resultado operacional despencou.
Queda de 10% no trimestre e de 81% (81%!!!!) comparado aos 9 primeiros  meses de 2015.
A despesa financeira (o tal saneamento de dívidas, que “justifica” a venda de tudo na bacia das almas) caiu apenas 5%.
balanpetrob2O resultado líquido final caiu 16,5% no trimestre.
As vendas de combustíveis caíram 7,5%, nos nove primeiros meses do ano e 1%no trimestre, com destaque para o óleo diesel (é a economias, estúpido) que caiu mais de 13%.
E a empresa, que detém o quase total monopólio da vendas, anuncia nova baixa de preços na refinaria!
Mas não vão aparecer colunistas de economia dizendo que a empresa está fazendo demagogia com os preços dos combustíveis.
Agora, pode,  é para “aumentar” as vendas.
Como se o consumo de combustível fosse regido por alguns centavos e não pela necessidade econômica do deslocamento.
Depois vão dizer que não entendem porque o rebaixamento de preços de centavos na refinaria não chega na bomba.
PS. Há outros índices reveladores no balanço de como a companhia está sendo desmontada, a começar pela redução de sua força de trabalho (10% na comparação anual e 7% só neste semestre) , a redução nos investimentos (-26%)  e o baratíssimo custo de extração do pré-sal (US$ 8 por barril), este que estão entregando de bandeja.