15.12.16

TEMER: ENTRE A RENÚNCIA, A CASSAÇÃO, O IMPEACHMENT, OU A PERMANÊNCIA COMO PERICLITANTE ATÉ 2018

HELIO FERNANDES -

Os áulicos e acólitos, amealhados e acusados de torpes atos de corrupção, uma tormentosa preocupação: defender o chefe amado, idolatrado, acumpliciado. Como Temer, voluntariamente, pavimentou a estrada que percorreu, para se transformar de vice a presidente indireto, absolvê-lo e mantê-lo, cada vez mais difícil, praticamente impossível.

Ministros, governadores, deputados, senadores, assessores que se julgam poderosos e insubstituíveis, usam intensa e insensatamente o lugar comum criado por Temer, "é a herança que recebeu de Dilma". Perfeitamente compreensível e até aceito sem protesto, em outras circunstâncias.

Leia mais na COLUNA