26.1.17

FRENTISTAS DE MG RETOMAM NEGOCIAÇÕES, APÓS REJEITAREM 5%

Via FENEPOSPETRO -

Os trabalhadores em Postos de Combustíveis e Lojas de Conveniência de Minas Gerais, e a Minaspetro, voltam à mesa de negociação nesta quinta-feira, as 15 horas, na sede da entidade patronal, em Belo Horizonte/MG.


Reajuste salarial de 8,5% (INPC) com 5,5% de ganho real, aumento na cesta- básica e a inclusão de benefícios como o vale-refeição estão entre as principais reivindicações da  Campanha Salarial 2016/2017, unificada entre os cinco sindicatos do Estado e Federação Nacional dos Frentistas – Fenepospetro, entidades que reúnem, juntas, quarenta mil trabalhadores com data-base em 1° de novembro. A reunião anterior, em dezembro, terminou sem avanço após a Minaspetro  propor 5,2% de reajuste sobre o  salário e a cesta básica.

O presidente da Fepospetro e Secretário de Negociações Coletivas da Fenepospetro, Luiz Arraes, que em um dos  encontros representou a entidade, em contraponto aos argumentos da bancada patronal (Minaspetro) destacou os dados de mercado divulgados pela Fecombustíveis, e segundo a qual  o segmento figura  entre os menos impactados pela retração no  consumo, na comparação com outros setores.

*Assessoria de Imprensa Fenepospetro- Leila de Oliveira