8.2.17

A CONTROVÉRSIA E O DISPARATE TÊM UM NOME: ALEXANDRE DE MORAES

HELIO FERNANDES -

É o personagem do dia, embora não seja necessariamente elogioso. Principalmente vindo de quem o critica ha muito tempo. È um extremado carreirista, embora, sabidamente tenha ou tinha, dois sonhos: ser governador de São Paulo ou Ministro do Supremo.

Surpreendentemente tinha preferência para governador. Explicação que dava aos mais íntimos: "Estou com 48 anos, eleito com 50, estarei livre com 58, tenho todas as chances de ser presidente da Republica, muito mais moço do que quase todos que são candidatos agora".

Leia mais na COLUNA