28.2.17

A ESQUERDA É MELHOR NA OPOSIÇÃO

EMANUEL CANCELLA -


A esquerda sabe governar. Os números não mentem, mostram que os governos populares, em nosso continente, mudaram a cara de seus países. Mas, com certeza, somos mais criativos na oposição.

Lembrar que o jornal Pasquim era sucesso total. Jaguar, Henfil, Millôr Fernandes e tantos outros jornalistas militantes a debochar da ditadura. Na música, Chico Buarque brilhava. Cálice, Vai passar, Ópera do Malandro, e o recado musical para o presidente, general Ernesto Geisel: “Você não gosta de mim mas sua filha gosta”. E o hino da resistência à ditadura: “Pra não dizer que não falei das flores”. Impossível assistir ao vídeo e não se emocionar (1).

Lembrar que Elis Regina ia fazer show de graça, no ABC paulista, desafiando a ditadura em solidariedade aos trabalhadores, o mesmo fazia Gonzaguinha.

Que Sobral Pinto, um advogado conservador, entrava nos tribunais militares para defender comunistas. Usou a lei dos animais para defender Carlos Prestes, o “Cavaleiro da Esperança”, assim chamado pelo escritor Jorge Amado.  Sobral disse aos militares que nem os animais poderiam ser tratados daquela forma. Lembrar o inesquecível advogado Modesto da Silveira, de operário quebrador de pedra a advogado, defensor dos presos políticos.

Nossos governos populares, como no Brasil, se cometeram erros, foi na tentativa de governar para todos. Nunca os pobres foram tão priorizados! Buscaram outros parceiros internacionais na tentativa de deixar de ser quintal dos EUA. Na verdade o que os EUA nos oferecem? Patrocinaram todos os golpes contra nossa soberania e democracia, em nosso continente, inclusive o atual.

Fazem isso justamente para levar nossas riquezas naturais, como nosso petróleo, nossos aquíferos e o nióbio. E querem se apossar de nossas terras as mais férteis que, aliadas ao clima tropical, proporcionam até 2,5 safras por ano.   Para os EUA a opção dos governos populares é inaceitável.

Vamos unir coxinhas, coxinhas vermelhos, mortadelas, civis, militares, estudantes, comunistas e conservadores para salvar nosso país.

Vamos derrotá-los com luta sim, mas também com música e muito bom humor.

Encerro com a música de Chico Buarque, sempre defensor de nosso país: Vai Passar!

Fonte:

*Emanuel Cancella que é da coordenação do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e autor do livro “A outra face de Sérgio Moro”