11.2.17

COM O GOLPE VOLTAMOS A SER QUINTAL DOS EUA

EMANUEL CANCELLA -

Vale ressaltar que a mídia principalmente a Globo apoiou o golpe contra o presidente Getúlio Vargas em 1954, em 64 contra o presidente Jango e em 2016 contra Dilma.


Tudo de forma escancarada! Estamos entregando nosso petróleo aos EUA e a seus aliados e ainda vamos retomar a base de Alcântara.

Estamos copiando o modelo estadunidense de lei trabalhista, lá não existem férias nem 13º. O nosso atual modelo de lei de direitos trabalhistas é copiado dos países europeus, com base no estado do bem estar Social.

Quando os golpistas usaram o Mick Jagger para garoto propaganda, na sua Reforma da Previdência, é para confirmar que nenhum trabalhador, caso seja aprovada a Reforma, vai se aposentar, salvo raras exceções.

Nosso mais famoso juiz, enaltecido pela mídia, diz que não é agente da CIA, mas chama os procuradores estadunidenses para investigar a Petrobrás; manda que os corruptos da empresa testemunhem contra a Petrobrás nos tribunais americanos; prende nosso almirante responsável pelo míssil que poderia defender o Brasil, no caso de invasão americana no pré-sal; é  premiado pelo governo americano e ainda é exaltado pelas suas principais revistas, Time e Fortune. Isso não é muito suspeito? Não parece pagamento de serviços prestados?

Fica aí a letra da musica de Miltinho: “Cara de gaiato, pinta de gaiato, roupa de gaiato (...)  foi o que eu arranjei "pra" mim” .Agente da CIA foi uma pecha que o próprio Moro arrumou para ele.

E para aqueles midiotas que dizem que isso é teoria da conspiração, o juiz Moro não mandou nossos procuradores investigar a petroleira americana Chevron, denunciada pelo Wikleaks em 2009, na troca de correspondência entre o então candidato à presidência tucano, José Serra e a Chevron. Nessas tratativas, Serra já prometia favores à petroleira em prejuízo da Petrobrás.

O Brasil governado pelo PT não rompeu com os EUA, mas ampliou seu relacionamento, isso para os ianques foi inaceitável. O Brasil participar dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) foi a gota d’ água. Como retaliação, os EUA, que já haviam patrocinado o golpe de 1964 (2), novamente financiaram o golpe em 2016 contra a presidente Dilma (1). Dão o golpe e levam, de brinde, nossas riquezas.

Vale ressaltar que a mídia principalmente a Globo apoiou o golpe contra o presidente Getulio Vargas em 1954, em 64 contra o presidente Jango e em 2016 contra Dilma.

“O que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil.” A frase do embaixador Juracy Magalhães era usada para ironizar os “entreguistas” nos anos 1970 a 90 e, até hoje, divide os brasileiros (3).

Na verdade, essa frase não divide os brasileiros, ela é a palavra de ordem imposta, através de golpes, no Brasil!

Fonte:

*Emanuel Cancella que é da coordenação do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e autor do livro “A outra face de Sérgio Moro”