9.2.17

EMPATE SUADO COM COLO COLO GARANTE "GLORIOSO" NA TAÇA LIBERTADORES

ALCYR CAVALCANTI -


O gol salvador de Rodrigo Pimpão já no final do segundo tempo garantiu a permanência do Botafogo na Taça Libertadores da América. No inicio tudo fazia crer que o Botafogo seria eliminado pelo time chileno. Diz um ditado "que há coisas que só acontecessem ao Botafogo". Um gol contra feito por um zagueiro que não inspira confiança, Emerson Silva, que de cabeça deu munição ao time chileno aos 2 min  de jogo levou os torcedores ao desespero, que sentiam falta de seu principal jogador, o meia Camilo.

Mas o time não se deixou abater, embora a tática de jogar recuado com três volantes teria de mudar. O time atacava, mas com muito cuidado, para não levar mais um gol que tornaria quase impossível a classificação. Havia uma barreira quase intransponível, o goleiro Justo Villar que fazia milagres no gol do Colo Colo. O esforço coletivo era total, o volante Airton jogou no sacrifício com uma proteção no braço e foi obrigado a sair na metade do segundo tempo. Mas depois de muita insistência veio o gol salvador, Roger, que entrou no segundo tempo ao substituir Rodrigo Lindoso deu o passe para Rodrigo Pimpão que fuzilou o goleiro Justo Villar. Restava agora ao time garantir o resultado e quem sabe mais um golzinho de contra ataque.

Agora vamos esperar mais uma pedreira para superar. A Taça Libertadores é assim, um passo de cada vez, mas com firmeza e também com um pouquinho de sorte.