14.2.17

ENQUANTO O HELICOCA SEGUE SEM JULGAMENTO, O STJ CONDENA HOMEM POR 0,02 GRAMA DE MACONHA

Por JOAQUIM DE CARVALHO - Via DCM -


Enquanto o Superior Tribunal de Justiça confirma a condenação a quatro anos e 11 meses de prisão de um homem preso em flagrante por entregar a outro um cigarro com 0,02 grama de maconha, a Justiça Federal do Espírito Santo ainda não julgou os quatro homens apanhados tentando desembarcar 445 quilos de cocaína de alta pureza, três anos e três meses atrás.

O que há de diferente nos dois casos, além da brutal diferença de quantidade de droga apreendida?

Leia mais em POLÍTICA