16.2.17

PROGRAMAÇÃO DO III SEMINÁRIO DAS DIRIGENTES SINDICAIS DOS FRENTISTAS INTEGRA LUTA POR IGUALDADE, SAÚDE E PREVIDÊNCIA

Via FENEPOSPETRO -


Definida a programação do “III Seminário das Dirigentes Sindicais dos Empregados em Postos de Combustíveis”, que será realizado de 7 a 8 de março em Brasília, na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio – CNTC. O evento, parte das comemorações da categoria ao “Dia Internacional da Mulher”, celebrado em 8 de março, dará centralidade ao assunto: “Os Desafios da Participação das Mulheres no Movimento Sindical”. Promovido pelas Secretarias da Mulher das Federações Nacional e Estadual dos Frentistas (Fenepospetro e Fepospetro), o encontro, para  público de setenta pessoas, entre dirigentes da categoria e convidados, tem como principal objetivo propiciar, por meio de palestras e debates, conhecimentos e reflexões no âmbito do contexto histórico de busca das mulheres por igualdade de direitos e de representatividade nos diversos setores da sociedade. “O meio sindical, precursor que é na defesa das causas sociais, precisa ser espelho na questão do combate ao viés machista que ainda impera neste setor”– explicou Telma Cardia, Secretária da Mulher da Fenepospetro e presidente do Sinpospetro de Guarulhos/SP, e que ao lado de Sueli Camargo, presidente do Sinpospetro de Sorocaba/SP e Secretária da Mulher da Fepospetro, formam a comissão do evento. Ainda de acordo com a sindicalista, norteou a definição das atividades do evento o  atual momento político do Brasil, em que setores conservadores tentam impor retrocessos em conquistas trabalhistas, além de uma agenda que afronta e dificulta a luta das mulheres por igualdade de direitos.


Saúde e Previdência compõem Painel de Debates

Os efeitos nocivos da exposição ao benzeno na saúde e na qualidade de vida das frentistas, e os desafios à efetividade da Lei 13.287/16, que visa a proteger a saúde da mulher trabalhadora, gestante e lactantes em locais insalubres, estão entre os principais tópicos do Painel de Debates do Seminário, que inclui também uma discussão sobre o preocupante aumento do alcoolismo entre as mulheres. Solucionar dúvidas e mapear os principais problemas comuns à categoria das diversas regiões do país é o que se pretende com a atividade, que terá à frente as profissionais, Dra. Deise Gardin Martins, médica ginecologista especialista em Medicina do Trabalho, a advogada Dra. Maria Cristina Perez, especialista em Direito Previdenciário, e a Dra. Sueli Cabral Ratshan, médica psiquiatra e psicoterapeuta, Mestre e Doutora em Saúde Mental pela FCM- UNICAMP, Especialista em Tratamento de Psicóticos pelo Instituto Rivière de Paris- França. Telma Cardia explica que buscou na  edição atual do evento  abordar, na  integralidade, questões essenciais ao desenvolvimento dirigente sindical, no que se refere ao  seu papel como mulher na  sociedade e na organização das trabalhadoras, e na luta por condições dignas de trabalho e por mais representatividade.


Confira aqui a programação do evento:

PROGRAMAÇÃO

DIA 7

17h-19h Credenciamento

19h Mesa de Abertura

19h30 PALESTRA DE ABERTURA:
“A Evolução do papel da mulher na sociedade” – com a Exma. Sra. Maria Berenice Dias, primeira mulher Juíza do Rio Grande do Sul e Desembargadora nesse Estado; autora de livros, entre eles o “Lei Maria da Penha”, profere palestras sobre igualdade de gênero em todo o território nacional e no exterior

20h Pronunciamento dos Convidados

21h Jantar

DIA 8

8h Exibição de Filme:
"As Sufragistas”: No Reino Unido do início do século XX, a luta das mulheres pela igualdade e pelo direito de votar

9h-10h30 PALESTRAS:
“Perspectivas culturais e históricas da representatividade feminina”, com a Professora Neusa Freire, socióloga e vice-presidente da Casa da Mulher Catarina, entidade fundada em 1989, reconhecida internacionalmente pela luta em defesa dos direitos das mulheres

10h30-11h30
“Desafios da participação das mulheres no movimento sindical”, com Luz Marina Diaz – Presidente da União dos Trabalhadores do Comércio da Colômbia

12h-13h Almoço

13h-14h30 PALESTRA:
“O papel da dirigente sindical na organização das trabalhadoras”, com o Professor Erledes Elias da Silveira, Assessor Político-Sindical da UGT Nacional, Mestre em Educação

14h30-15h30 Atividade em Grupo:
“Linguagem corporal – Motivação, Autoestima e Empoderamento” com Valéria Vyper, Dançaterapeuta formada na Itália, especialista em “Reeducação do Movimento”

15h30-16h Intervalo / Coffee Break

16h-18h PAINEL DE DEBATES:
Dra. Deise Gardin Martins, médica do Trabalho com especialização em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO: “Como a exposição ao benzeno afeta a saúde e a qualidade de vida das trabalhadoras frentistas” Dra. Sueli Cabral Ratsham, médica psiquiatra e psicoterapeuta, Mestre e Doutora em Saúde Mental pela FCM- UNICAMP: “O alcoolismo cada vez mais frequente entre as mulheres, e a correlação do problema com a sobrecarga de responsabilidades” Dra. Maria Cristina Perez, advogada especialista em Direito Previdenciário, atua no Sinpospetro de Campinas/SP: “Os direitos das mulheres no campo previdenciário, e os desafios da Lei 13.287/1”, que visa a proteger a saúde da mulher trabalhadora em locais insalubres

19h Jantar

20h Conclusão:
Deliberações dos assuntos expostos – Aprovação das diretrizes à atuação da categoria

20h30 Encerramento

*Assessoria de Imprensa da Fenepospetro