8.2.17

SINDICATO COMEÇA A HOMOLOGAR OS DEMITIDOS DO SETA

Via SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS-SP -


O Sindicato dos Comerciários de São Paulo começa a homologar os trabalhadores demitidos do Seta Atacadista na Cidade de São Paulo.

Na manhã desta terça-feira (07), a primeira turma, cerca de 120 demitidos do atacadista, compareceu ao Sindicato para realizar suas homologações.

O contrato de rescisão homologado e assinado possibilita a esses trabalhadores o saque do FGTS e habilitação do seguro desemprego. Quanto às verbas rescisórias e todos os atrasos como salários, décimo terceiro, multa rescisória e FGTS (não depositado) serão inserido no acordo e parcelado em até 6 vezes.

“Os trabalhadores que decidirão sobre a proposta de parcelamento. Se concordarem, a empresa assinará um termo de confissão de dívida em 6 parcelas. Os que não aceitarem o parcelamento, para ter direito ao seguro desemprego e ao saque do FGTS é necessário fazer a homologação”, esclarece o vice-presidente do Sindicato, José Gonzaga da Cruz.

“É um momento difícil para todos que estão aqui. Mas o Sindicato vai se esforçar para amenizar esta situação. Não abriremos mão de qualquer direito, como por exemplo, horas extras. Qualquer individualidade nos processos o Sindicato fará, gratuitamente, para todos aqueles que desejarem”, disse o presidente da entidade sindical, Ricardo Patah.

Na ocasião, Patah formalizou a ação do Sindicato diante da proposta apresentada pela empresa. Os trabalhadores, em maioria, aprovaram a forma de como será desenvolvido o processo.

Mais de 1 mil demitidos

O Seta Atacadista chegou a ter quase 50 lojas em todo o Brasil. A pouco mais de dois meses, a rede Seta Atacadista fechou várias lojas. Estima-se que 1180 são os demitidos na cidade de São Paulo.