25.3.17

LAVA JATO A LIÇÃO DO BRASIL

SEBASTIÃO NERY -

Sérgio Moro, os procuradores da Lava Jato e o  juiz italiano Giovanni Falcone. Ele dedicou sua vida a combater a máfia na região da Sicília, foi assassinado pela Cosa Nostra em 1992.
Milão – Cheguei a Roma em janeiro de 1991, há 26 anos, como Adido Cultural do Brasil, e logo me vi escrevendo sobre a “Operação Mãos Limpas”, que nasceu exatamente em um Instituto Educacional Municipal aqui de Milão. Os jornalistas brasileiros me perguntavam o que era aquilo. Aprendi, com os colegas italianos, que era um bruto escândalo nascido nas entranhas do Partido Socialista italiano e espraiado para o Partido da Democracia Cristã e o Partido Liberal. Quer dizer, todos com a mão na massa.

Leia mais na COLUNA