28.3.17

UMA REPÚBLICA NO ABISMO, JUÍZES DESACREDITADOS. UMA JUSTIÇA DOS TRABALHADORES NAUFRAGANDO. JUDICIÁRIO PARTIDARIZADO

ROBERTO M. PINHO -


Não são poucos que os apoiam a extinção da justiça do trabalho, indicando as suas atribuições repassadas à justiça comum. Duas razões reforçam o seu fim. O alto custo de processamento de uma ação é 40% mais alto do que o valor médio das indenizações.

No ano passado segundo o deputado Marchezan Jr, o montante das indenizações trabalhistas, foi de R$ 8,5 bilhões, enquanto o custo do sistema judiciário trabalhista, este ano, é de R$ 17 bilhões.

Leia mais na COLUNA