15.4.17

1 - FERNANDO MORAIS EXPLICA POR QUE A GLOBO É INIMIGA DO BRASIL; 2 - ESTADÃO VIAJA DE JABÁ COM DORIA À COREIA DO SUL E ELOGIA PREFEITO

REDAÇÃO -


1) O jornal O Globo apoiou a cassação do Partido Comunista Brasileiro, em 1947.
2) O Globo foi contra a criação da Petrobras.
3) O Globo participou do cerco a Getúlio, que levou o estadista ao suicídio.
4) O Globo deu sustentação à trama para impedir a posse de Jango, em 1961.
5) O Globo apoiou o golpe militar de 1964.
6) A Globo aplaudiu a caçada e o massacre dos opositores do regime militar.
7) A Globo escondeu a campanha por Diretas Já.
8) A Globo fraudou o debate entre Lula e Collor, em 1989.
9) A Globo sempre trabalhou contra a soberania nacional, defendendo a subserviência aos EUA e Europa.
10) A Globo é adversária histórica das políticas de valorização dos salários dos trabalhadores.
11) A Globo criminaliza os movimentos sociais, a pobreza e a atividade política.
12) A Globo liderou a farsa midiática-judicial do mensalão.
13) A Globo teve papel destacado na sabotagem e no golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.
14) A Globo apoia todas as atrocidades jurídicas cometidas pela operação Lava a Jato.
15) A Globo assassina reputações de adversários e protege corruptos aliados.
16) A Globo defendeu o congelamento dos gastos em saúde e educação por 20 anos.
17) A Globo apoiou a aprovação do projeto de terceirização irrestrita, o fim da CLT.
18) A Globo aprova a venda de ativos da Petrobrás e a entrega do pré-sal aos estrangeiros.
19) A Globo trabalha pela aprovação da reforma da Previdência, que fará com que os trabalhadores trabalhem até a morte.
20) A Globo se empenha também pela aprovação da reforma trabalhista, para liquidar de vez com todos os direitos trabalhistas.
21) A Globo quer o fim quer o fim do SUS e do ensino gratuito nas universidades públicas.
22) A Globo luta pelo desmonte do estado social e da Constituição cidadã de 1988...

***
Estadão viaja de jabá com Doria à Coreia do Sul e elogia prefeito: “dispensa serviços de hotel e passa próprias camisas”

O Estadão mandou um repórter chamado Pedro Venceslau para “cobrir” a viagem de João Doria à Coreia do Sul. Venceslau foi na faixa, com todas as despesas pagas — oficialmente — pela prefeitura de Seul.

O dinheiro serve para ele elogiar a coisa toda.


Em vez de usar os serviços do hotel em Seul, na Coreia do Sul, o prefeito João Doria preferiu ele mesmo passar seus ternos e camisas no quarto. Não quis gastar dinheiro e nem perder tempo antes da maratona de compromissos na cidade, onde foi atrás de investimentos e de novas tecnologia para usar em São Paulo.
(via DCM)