9.4.17

1 - JUIZ QUE PRENDEU SÉRGIO CABRAL PODE SER AFASTADO DO CASO; 2 - HOMEM QUE PINTOU “FORA TEMER” NO MUSEU NACIONAL DE BRASÍLIA FOI DEMITIDO

REDAÇÃO -


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) deverá decidir, nos próximos dias, se existe conexão entre as operações Saqueador, que prendeu o empresário Fernando Cavendish e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, e a Calicute, cujo alvo é o esquema comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral. Caso o STJ rejeite a conexão, as ações e inquéritos derivados da Calicute sairão das mãos do juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, e do desembargador Abel Gomes, relator do caso no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), e terão de ser redistribuídos.


***
Homem que pintou “Fora Temer” no Museu Nacional de Brasília foi demitido

O homem que pintou um “Fora Temer” monumental na parede do Museu Nacional de Brasília foi demitido na sequência de seu protesto.

A empresa contratada para a restauração do edifício, RVA Comércio e Serviços de Construção, confirmou a dispensa a Carlos Fernandes, colunista do DCM.

“As pessoas que estão trabalhando lá estão se pelando de medo”, diz Fernandes. “Ninguém quis contar o nome dele”.

No último dia 5, o homem pintou as palavras de ordem enquanto trabalhava na revitalização do local. Foi flagrado pelo fotógrafo Marcelo Ferreira, do Correio Braziliense.

Depois de descer da estrutura, falou apenas o seguinte: “É a minha opinião política. Nós temos liberdade de expressão”. (via DCM)