20.4.17

1 - VERGONHA! CÂMARA ACELERA VOTAÇÃO DA REFORMA TRABALHISTA; 2 - FOTO DE CUMPRIMENTO EFUSIVO DE MORO E TEMER EM CERIMÔNIA DO EXÉRCITO VIRALIZA

REDAÇÃO -


Um dia depois de fracassar na tentativa de obter quórum para acelerar a votação da reforma trabalhista, o Palácio do Planalto mobilizou sua base e conseguiu aprovar, nesta quarta-feira (19), o regime de urgência para a tramitação da proposta. Com isso, os deputados não poderão pedir vista nem apresentar mais emendas ao polêmico relatório do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) na comissão especial criada para analisar a proposta. Na prática, o expediente regimental abre caminho para uma votação mais rápida do projeto no plenário.

Leia mais em POLÍTICA

Saiba também:
Cinco peemedebistas votaram contra; veja como cada deputado votou