24.4.17

A VEXATÓRIA FANFARRONICE DE TRUMP; MIL E UMA NOITES DE LÉO PINHEIRO

MIRSON MURAD -


O presidente dos States, Donald (não é o pato das historinhas do Disney) Trump, praticou, mais uma vez, vexatória fanfarronice ao declarar e dar farta divulgação que estava enviando navios de guerra para confrontar a Coréia do Norte, fazendo ameaças. Na realidade, os contratorpedeiros estavam navegando em direção contrária ao destino por ele dito. Há poucos dias, Trump declarou que agora sim os referidos navios estavam indo na direção da Coréia do Norte. Entretanto, os barcos foram fazer manobras conjuntas no Japão, com o Japão. Trump não tem o mínimo senso de ridículo. Suas bravatas demonstram, cada vez mais, que ele não tem preparo para governar a mais poderosa nação do planeta, que manda no mundo mas recebe ordens de Israel e está atrapalhado sem saber como lidar com os coreanos que não estão nem se esquentando com suas arrogâncias. E agora, José?...

MIL E UMA NOITES DE LÉO PINHEIRO

O diretor da Construtora OAS, Léo Sherazade Pinheiro, personagem principal do livro "Mil e Uma Noites", já contou ao juiz Sérgio Moro 6 ou 8 versões sobre o triplex do Guarujá e o sítio em Atibaia. Acuado e criativo, Sherazade Pinheiro, tem ainda 992 versões para fazer sua delação premiada. É só apertarem um pouquinho mais e o empresário abrirá o bico. Aliás, a grande mídia faz questão de destacar que Léo Sherazade é um amigão de longa data do ex-presidente Lula. O curioso é que a OAS, durante as investigações do Tribunal do Trabalho de S. Paulo, essa mesma mídia informava que a obra havia sido feita por duas construtora a OAS e pela do senador Luís Estêvão. O juiz Lalau e Luiz Estêvão foram presos e condenados mas a OAS que havia praticado o mesmo que a construtora do senador, conforme o processo, saiu ilesa. Seria por pertencer à família do Toninho Malvadeza? Inimigo mortal do Lula? Que longa amizade é essa? Me engana que gosto!