13.4.17

CAMPANHA SALARIAL DOS FRENTISTAS DO ESTADO DO RJ SERÁ LANÇADA NESTA QUINTA-FEIRA

Via SINPOSPETRO-RJ -

A diretoria do SINPOSPETRO-RJ abre nesta quinta-feira (13), com uma assembleia, em Volta Redonda, a campanha salarial dos trabalhadores de postos de combustíveis e lojas de conveniência do estado do RJ.


Com data-base em 1º de junho, os frentistas do estado do RJ se reúnem hoje (13) em assembleia, na subsede do SINPOSPETRO-RJ, em Volta Redonda, no Sul do estado, para definir a pauta de reivindicação das cláusulas da Convenção Coletiva 2017/2019. No encontro, marcado para as 16h, na Rua quinze, número cinco, no bairro Conforto, a categoria além discutir o índice de reajuste que será pedido, vai decidir também, sobre a inclusão na pauta de novas conquistas.

Diante das adversidades econômicas e da crise que corrói os salários e o poder de compra da sociedade, a participação dos trabalhadores de postos de combustíveis e lojas de conveniência se torna imprescindível. O trabalhador que não comparece à assembleia está na realidade, reforçando a posição do patrão e enfraquecendo o poder de negociação da categoria. Por isso, é importante que todos estejam presentes e decidam pelo melhor índice de aumento para repor as perdas dos últimos 12 meses.

Para o presidente do sindicato, Eusébio Pinto Neto, a categoria só vai avançar e conquistar novos benefícios e salários dignos, quando despertar para a necessidade de participar e compartilhar das decisões do sindicato. Ele diz que enquanto o trabalhador não se conscientizar da importância da união da categoria, o sindicato vai ter dificuldades para negociar e obrigar o patrão a atender as reivindicações. Eusébio frisa que a categoria não pode delegar ao sindicato a responsabilidade de negociar sozinho. “O trabalhador precisa sair da inércia e participar das decisões, porque o sindicato só é forte, quando a categoria é unida e participa da luta por melhorias”.

Segundo Eusébio Neto, a assembleia é o fórum máximo do sindicato, já que na reunião são tomadas todas as decisões que dizem respeito a categoria. Os três mil trabalhadores de postos de combustíveis e lojas de conveniência do Sul fluminense não podem delegar a um pequeno grupo de trabalhadores a responsabilidade de decidir por toda a classe.

PARTICIPAÇÃO

Portanto, a sua presença é importante para o sucesso da negociação. É bom lembrar que o trabalhador, hoje, sofre com a ameaça da retirada de direitos conquistados com muita luta. Por isso, só com a união conseguiremos novas conquistas e aumento real. Precisamos elevar o piso da categoria e construir uma Convenção Coletiva mais sólida, que garanta benefícios que melhorem a qualidade de vida dos trabalhadores.

* Estefania de Castro, assessoria de imprensa Sinpospetro-RJ