15.4.17

CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA NA PRIMEIRA INFÂNCIA

ISA COLLI -


Que a educação começa em casa e determina a forma de a criança encarar o mundo, todos nós já sabemos.

Ela aprende sobre os valores morais e todo o resto, com os pais. Já as creches e pré-escolas ensinam com tarefas simples, desenhos e brinquedos específicos, os valores da convivência em grupo, de compartilhar coisas e de se comunicar de modo geral.

A educação está sendo levada a sério, comprometida em todos os aspectos, inclusive no respeito ao nosso planeta.

Garantir o desenvolvimento sustentável com atitudes simples, como fechar a torneira enquanto escova os dentes, não demorar no banho, jogar o lixo nos locais apropriados, comprar carros movidos a combustíveis alternativos, engajar-se em movimentos de ajuda comunitária, não depredar o patrimônio natural, limpar o quintal de sua casa, tratar com respeito as pessoas diferentes de você, já faz parte do currículo escolar, com o pensamento que: promover o desenvolvimento sustentável significa conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental e o fim da pobreza. Em outras palavras, todos precisam gerar riquezas com o objetivo de distribuí-las do modo equilibrado, a fim de melhorar a qualidade de vida de todos, mas levando em conta a qualidade ambiental do Planeta.
"E quem melhor que as crianças para compreender a complexidade de tudo isso?"
O mundo tomou consciência de que não se pode mais fechar os olhos para a destruição da diversidade de recursos naturais em nome do progresso e do desenvolvimento econômico.

As metas do desenvolvimento sustentável são: satisfação das necessidades básicas da população, solidariedade para com as gerações futuras, preservação dos recursos naturais, elaboração de um sistema social que garanta emprego, segurança social e respeito a outras culturas, programas educativos e participação de cada um de nós nessa preservação.

Como despertar uma consciência ecológica nos futuros administradores do Planeta?

- Em primeiro lugar, dando exemplo dentro de casa, quanto à economia de energia, água, papel, evitando toda forma de desperdício;

- Quando forem passear com eles, levar sempre sacos de lixo, e não os jogar em qualquer lugar;

- Se morarem em prédios, condomínios, realizem gincanas de limpeza, dando às crianças essa responsabilidade, munindo-as de luvas, sacos de lixo e premiação quanto à limpeza. Crianças gostam de responsabilidades e desafios;

- Verificar se na escola do seu filho, são desenvolvidos projetos ambientais e consciência ecológica. Caso não haja esse tipo de ação, sugerir e se engajar no projeto;

- Locar filmes que tenham como foco a preservação do meio ambiente;

- Incluir na leitura dos seus pequenos livros que incentivam a preservação do meio ambiente.

Entrando no site www.canalkids.com.br/meioambiente, as crianças são levadas a pensar de maneira divertida e numa linguagem acessível nos problemas ambientais e até se inscreverem para fazerem parte do canalkids club.

Se realmente queremos deixar um mundo melhor para nossos filhos, a melhor coisa a fazermos é formar nas nossas crianças uma consciência ecológica desde cedo.

"O Planeta agradece."