21.5.17

1- ALOYSIO ATACA JANOT E FACHIN: MINISTRO DO STF NÃO TINHA COMPETÊNCIA PARA SUSPENDER MANDATO DE AÉCIO; 2- AÉCIO FAZ REUNIÃO COM SERRA E DESRESPEITA ORDEM JUDICIAL DE NÃO RECEBER INVESTIGADOS EM SUA CASA

REDAÇÃO -

O chanceler tucano Aloysio Nunes, em breve ex-chanceler, mandou um recado a Janot e Fachin no Facebook:


Para Janot e Fachin, só há um ministro no STF: o próprio Fachin. Fachin é o relator da Lava Jato, não é o relator universal da República. Lava Jato é investigação sobre a Petrobras e não sobre os crimes da JBS e duas eventuais conexões com políticos. Fachin não tinha competência processual para a misericordiosa homologação da delação de Joesley.

Tampouco para determinar a suspensão do mandato do Aécio, a abertura do processo contra Temer e a prisão de Andrea Neves. Tudo isso é ilegal e não pode subsistir. O pleno do Tribunal precisa pôr ordem na casa, para que as apurações prossigam, mas de acordo com o ordenamento jurídico.

***
Aécio faz reunião com Serra e desrespeita ordem judicial de não receber investigados em sua casa


O senador Aécio Neves desrespeitou a ordem judicial de não manter contato com investigados ao receber em sua casa o também investigado José Serra.

O encontro se deu nesta quinta (18), horas depois da determinação de Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

O ministro impôs a restrição em lugar de prendê-lo, como solicitou o Ministério Público Federal.

Se o ministro Fachin considerar que sua ordem foi desrespeitada, uma das hipóteses é determinar a prisão de Aécio Neves.

Delatado pelo presidente do Grupo JBS, Joesley Batista, Aécio também foi afastado do exercício do mandato de senador. (via DCM)