1.5.17

1 - AMIGOS FAZEM VAQUINHA PARA CONSEGUIR DOAÇÕES PARA ESTUDANTE AGREDIDO EM PROTESTO; 2 - DORIA JOGA NO CHÃO FLORES QUE RECEBEU DE CICLISTA PARA LEMBRAR MORTOS NAS MARGINAIS [VÍDEO]

REDAÇÃO -


Amigos do estudante Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos, agredido pela Polícia Militar durante uma manifestação, estão fazendo uma campanha para arrecadar doações em dinheiro para os familiares dele se manterem em Goiânia.

Os parentes moram em São Paulo e Rio de Janeiro. Mateus (fotos) passou por uma cirurgia que durou quase quatro horas e segue internado em estado grave de acordo com boletim médico divulgado neste domingo (30).

A agressão contra Mateus ocorreu no início da tarde de sexta-feira (28), durante manifestações e greve geral realizadas em Goiânia. Na ocasião, mascarados entraram em confronto com policiais militares, momento em que o estudante foi atingido pelo golpe e ficou caído no chão. O agente saiu correndo e o rapaz recebeu os primeiros socorros de outros manifestantes.

Uma sequência de imagens mostra o momento exato em que ele é atingido no rosto por um cassetete, que quebrou. A situação também foi registrada em vídeo.

A campanha está sendo divulgada em redes sociais. O objetivo é tentar fornecer toda a ajuda que o Mateus e a família precisarem durante o processo de recuperação. “A mãe e o irmão dele já estão aqui. Conseguimos as passagens de avião para a irmã dele, que mora no Rio de Janeiro e para o pai, que está em São Paulo. Mas eles ainda vão precisar de dinheiro para alimentação, hospedagem, para se manterem em Goiânia durante todo esse período de recuperação, que não sabemos quanto tempo vai levar”, disse a amiga de Mateus, Mariana Falone.

Segundo a jovem, pessoas de vários estados como Maranhão, Bahia e São Paulo estão participando da campanha e também divulgando o pedido de doações. Todo dinheiro será encaminhado para os familiares do Mateus. (via G1)

***
Doria joga no chão flores que recebeu de ciclista para lembrar mortos nas Marginais