18.5.17

1- TEMER JÁ É FORMALMENTE INVESTIGADO POR TENTATIVA DE OBSTRUÇÃO DA LAVA JATO; 2- LUCIANO HUCK APAGA FOTOS COM AÉCIO NEVES APÓS DENÚNCIAS DA JBS; 3- AS CENAS QUE PROVAM A ENTREGA DE PROPINA AOS INDICADOS DE TEMER E AÉCIO

REDAÇÃO -


Após as revelações de Joesley e Wesley Batista, a PGR enviou ao STF um pedido de abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer por obstrução à Justiça e corrupção.

Conforme o BuzzFeed Brasil apurou, Edson Fachin, do STF, acatou o pedido.

A existência de uma delação dos irmãos da JBS e gravações com o presidente foram reveladas ontem pelo colunista Lauro Jardim, do ‘Jornal O Globo’.

Numa delas, Joesley registrou conversa com Temer em que ele revela estar dando uma mesada para que Eduardo Cunha e o operador Lúcio Funaro não fechem acordos de delação premiada.

De acordo com a reportagem, o presidente respondeu:

– Tem que manter isso, viu?

O nome de Temer já esteve envolvido anteriormente na Lava Jato, mas ele não chegou a ser formalmente investigado a Constituição diz que somente atos realizados durante o mandato são passíveis de apuração Judicial.

No caso em questão, apesar de suspeito de obstrução à Justiça, a PGR não pode pedir a prisão de Temer. Como presidente ele só pode ser recolhido ao cárcere após ser condenando.

No entanto, caso ele seja denunciado e o STF aceite a denúncia, transformando-o em réu, ele fica suspenso do mandato presidencial. (via BuzzFeed)

***
Luciano Huck apaga fotos com Aécio Neves após denúncias da JBS

Mesmo tendo negado que pretende se candidatar a presidente do Brasil, o apresentador Luciano Huck parece que não quer ver seu nome ligado às novas denúncias que estouraram contra o senador Aécio Neves.

Quem percebeu isso foram os seguidores de Huck no Instaram: ele teria apagado imagens nas quais aparece junto de Aécio. “Que feio apagar as fotos do seu melhor amigo!!”, disse um deles. Outro foi ainda mais duro: “Não sei que foi pior. Colocar a foto, apoiar o ladrãozinho ou deletar a foto. De qualquer jeito, as 3 coisas falam que tipo de pessoa é você”. (via Metrópoles)

E parece que a revista Veja também apagou:
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/files/2014/10/aecio-neves-e-luciano-huck-comemoram-juntos.jpg

***
As cenas que provam a entrega de propina aos indicados de Temer e Aécio

Da coluna de Lauro Jardim no Globo:

A delação da JBS, a mais dura em três anos de Lava-Jato, merece este título em grande parte devido às cenas a seguir. Nelas, o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), destacado pelo presidente Michel Temer para tratar com Joesley Batista dos interesses de seu grupo empresarial, é flagrado pegando R$ 500 mil em propina — a primeira parcela de um montante prometido de R$ 480 milhões. As cenas abaixo mostram esta entrega, ocorrida em 28 de abril deste ano.

A entrega de dinheiro ao indicado de Temer, confira aqui.