26.5.17

A BOMBA DE EFEITO IMORAL DE CUNHA JÁ FEZ EFEITO: CLAUDIA CUNHA ESTA ABSOLVIDA!

EMANUEL CANCELLA -

Moro para Claudia Cruz: devolve o dinheiro do crime que eu te absolvo!


Moro, com sua perseguição infame contra Lula, seu filho e toda a sua família, levou à morte dona Marisa Letícia. Moro também confiscou a casa da mãe de José Dirceu, Olga Guedes da Silva, no seu aniversario de 96 anos (1). Moro prendeu uma inocente, irmã de Vacari, tesoureiro do PT, e soltou um culpado, o único delator que revelara ter pago propina ao ex-governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), conhecido como "Careca". Solto por Moro e agora está desaparecido (2)...

Agora Moro absolve Cláudia Cruz, jornalista da Globo e mulher de Eduardo Cunha. Será que Moro tá com dó de Eduardo Cunha? Não! Moro está com medo! Cunha, quando presidente da Câmara dos deputados, assume que foi o autor do impeachment de Dilma, sem nenhuma prova. E Cunha deve ter provas da participação, entre outros na articulação da tramoia da saída de Dilma.

A palavra de ordem de Eduardo Cunha, que levou à soltura de sua mulher, mais suja que pau de galinheiro é a seguinte: ou me libertam ou vou botar merda no ventilador! Esse contexto deve estar no livro que Eduardo Cunha disse que publicaria, quando declarou:

"Tenho boa memória", garantiu o peemedebista, acrescentando que vai procurar editoras interessadas em publicar o livro, que terá, segundo ele, conversas com muitos dos personagens que participaram do impeachment.”(4).  Cunha já deve ter esse livro em mãos de alguma editora ou de pessoas de sua confiança, senão Cunha já faria parte de arquivo morto, pois sabe demais.

Moro absolveu Claudia Cruz e mandou ela devolver o dinheiro: “Cláudia era acusada pelo Ministério Público de ter cometido os crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, mas o juiz Sérgio Moro considerou que não há provas suficientes para dizer que a jornalista "agiu com dolo"” (3).

Moro que aceita denuncias sem provas mas com convicção; que permite os criminosos vazamentos seletivos; que grampeou criminosamente o telefone entre o ex presidente Lula e a presidente Dilma (5); que blinda os tucanos FHC e Pedro Parente envolvidos em corrupção na Petrobrás, agora aplica a tese   que nem advogado de porta de cadeia utiliza: Claudia Cruz devolve o dinheiro do crime que eu te absolvo!

Fonte:

* Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, integra a coordenação do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), sendo autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro”