9.5.17

A VITÓRIA DO EXÉRCITO VERMELHO SALVOU A HUMANIDADE DO NAZI-FASCISMO [VÍDEO]

LUCAS RUBIO -

 Cônsul Geral da Rússia no Rio de Janeiro, Vladimir Tokmakov, Lucas Rubio coordenador do CEPS-BR e o Chefe de Protocolo do consulado, Artem Fomin, ontem (8) no monumento aos pracinhas no Aterro do Flamengo.
Hoje é Dia da Vitória dia de alegria, de comemoração, de desfile e marcha, de memória, de respeito, de dor, de silêncio e de canções...

É essa sensação de um misto imenso de sentimentos que faz com que esse seja o feriado mais importante do ano. É o dia onde também temos a dimensão da História diante de nós. Paramos para pensar como seria o mundo se as negras asas do nazi-fascismo tivessem conquistado o planeta... Paramos para agradecer aos verdadeiros heróis e libertadores da Humanidade...

Foi num dia como esse, há 72 anos, que a URSS venceu a Alemanha Nazista e aliados... Foi num dia desse que a dor de muitas famílias acabou quando seus gratos filhos voltaram e desceram nas lotadas estações... E é também o dia em que a dor e a saudade de milhões de famílias se tornaram eternas porque seus filhinhos e filhinhas não voltaram...

Não há lema mais adequado: EU ME LEMBRO, EU ME ORGULHO!

Imagem real de um soldado soviético no Dia da Vitória
PS: No Brasil comemoramos no dia 8, mas o verdadeiro feriado é no dia 9, o dia em que a URSS fez a Alemanha Nazista se render incondicionalmente.

É o dia de muita comemoração e festa, mas principalmente o dia de lembramos os milhões de seres humanos perdidos nessa guerra terrível. É o dia de agradecermos aos veteranos pelos esforços sem medidas que eles tomaram para salvar a Terra da praga fascista. É também o dia de espalharmos por aí a memória dos heróis e a mensagem de que nenhuma outra guerra aconteça...

O mundo todo fica colorido de preto e laranja, as cores da Fita de São Jorge!

Obrigado, veteranos do Brasil, da URSS e de todo o mundo, pela Vitória!

OBRIGADO, EXÉRCITO VERMELHO E POVO SOVIÉTICO, PELA VITÓRIA!

Confira o vídeo do Grande Desfile pelo Dia da Vitória em Moscou 2017: