25.5.17

HÁ MAIS DO QUE HIPOCRISIA NO GOLPE E NA GLOBO

Por PEDRO AUGUSTO PINHO -


Os porta-vozes dos interesses coloniais, nas suas expressões públicas, procurando manter o mínimo de credibilidade, reconhecendo o atraso civilizatório das elites brasileiras. Nunca é demais repetir o sábio Darcy Ribeiro, que dedicou toda sua vida ao Brasil: temos a mais cruel elite do mundo.

A incapacidade de aceitar que um operário fosse Presidente da República, mesmo não tendo um projeto de esquerda – procurava como a maioria absoluta, quase a totalidade dos brasileiros, dias melhores para ele e os seus colegas operários – fez com que aquela elite cruel levasse o País ao limite de uma desagregação indesejável por nacionalistas e patriotas.

Leia mais em POLÍTICA

* Via e-mail. Pedro Augusto Pinho, avô, administrador aposentado