28.5.17

NEM A LOURA BURRA ACREDITA; PERGUNTE AO MORO: EU TENHO CARA DE BOBO, MERITÍSSIMO?

MIRSON MURAD - Atualizado às 21h51 -

O traidor da pátria golpista mafioso Michel MiShell Belo Recatado do Lar Carandiru Convenhamos Por Que Não Dizer Audiência Secreta Noturna Friboi Equipe Ficha Suja Ingênuo em suas declarações explicações. O gestor Jorge Dória prefeito que convoca o povo para fazer caminhada com a "bispa" Sonia que foi presa nos States e quer renascer. O que Dória se esqueceu de fazer foi lavar a boca com soda cáustica antes de proferir o nome de Deus para justificar esse ato. O juiz Sérgio Moro em sua aparente rigidez e imparcialidade nos julgamentos da Operação Lava Jato foi generoso com a mulher do Eduardo Cunha, a jornalista Claudia Vida Nababesca Cruz julgando-a inocente. Ah! Leitor amigo, nem a Loura Burra acredita...


PERGUNTE AO MORO: EU TENHO CARA DE BOBO, MERITÍSSIMO?

O juiz federal Moro, da Lava Jato, sentenciou que a mulher do ladrão Eduardo Telerj Petrobrás Lava Jato Dólares na Suíça Cunha, Cláudia Cruz é inocente, apenas relapsa, inconsequente. É claro, óbvio ululante, como dizia o dramaturgo Nelson Rodrigues, que ninguém em sã consciência acredite nessa balela. É bom refrescar a memória do Doutor Juiz que, bem no início das investigações contra o mafioso Cunha, foi fartamento divulgado que a senhora Cláudia Cruz levava uma vida de bilionária (bi e não mi), adquirindo jóias e roupas caríssimas, hospedando-se com a filhota e o próprio Cunha em hotéis 6 (6 e não 5) estrelas, onde só os magnatas mundiais se hospedam, igualmente aos árabes, reis do do petróleo, frequentando mesas especiais, previamente reservadas nos restaurante mais caros do planeta. Interrogada, Cláudia Cruz disse que nunca questionou com o maridão de onde vinha tanta fortuna (bota fortuna nisso) esbanjada. Também milhões e milhões depositados nas contas de Cláudia e da filhota. As duas, ainda hoje, vivem nababescamente, afrontando o povo brasileiro que, na maioria passa dificuldades financeiras.... Sugiro a cada um dos brasileiros indignados que perguntem ao Juiz Moro: Eu tenho cara de bobo, doutor?

---
Leia também: