9.5.17

PRESIDENTE DA FENEPOPETRO DISPUTA NESTA TERÇA-FEIRA COMANDO DA FORÇA SINDICAL NO ESTADO DO RJ

Via FENEPOSPETRO -

O presidente da Federação Nacional dos Frentistas (FENEPOSPETRO) e do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, concorre, nesta terça-feira (9), à presidência da Força Sindical do Estado do Rio de Janeiro. A central sindical, segunda maior do país, representa cerca de um milhão de trabalhadores no Estado.


Três chapas disputam, nesta terça-feira (9), as eleições para a nova diretoria que vai administrar a Força Sindical do estado do RJ nos próximos quatro anos. O presidente da FENEPOSPETRO e do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, vai disputar à presidência da central com Carlos Fidalgo, representante dos metalúrgicos e Carlos Antônio, do Sindicato da Construção Civil do Rio. Mais de sessenta sindicatos participarão do Congresso estadual da Força, que acontece durante todo dia de hoje no hotel Windsor Guanabara, no Centro do Rio.

O presidente da FENEPOSPETRO lamenta que a central tenha deixado de realizar debates entre os candidatos, para que os sindicalistas com direito de voto pudessem chegar hoje ao Congresso com informações sobre cada candidato e as suas propostas de campanha. Eusébio Neto afirma que é preciso saber o que as bases e os sindicatos afiliados esperam da Força RJ. Segundo ele, pela importância que tem a central como instrumento de luta, não só para o trabalhador, mas para toda a sociedade, os sindicatos precisam estar unidos para combater a crise e promover o crescimento do país. “ As centrais ocupam um espaço político importante na formulação de políticas públicas, que fazem o país funcionar”, completa.

Eusébio Neto diz que como presidente da Força RJ pretende fomentar os debates e promover a integração entre as regiões do estado. Ele frisa que é importante descentralizar as ações criando secretarias regionais, para valorizar também o interior que tem um papel importante no panorama econômico, bem como, na qualidade de vida do estado. O presidente da FENEPOSPETRO afirma que se lançou candidato para fomentar as discussões sociais, políticas e econômicas e promover a transformação na Força RJ.

Para Eusébio Neto os candidatos devem colocar o trabalhador e o movimento sindical acima de qualquer disputa. “Nós só venceremos quanto tivermos consciência da importância da união dos sindicatos. Estamos trabalhando para fortalecer a central sindical. A missão do movimento sindical é enfrentar desafios, por isso decidi lançar minha candidatura”,completa.

CAMPANHA

Durante a campanha, Eusébio Neto promoveu três encontros com dirigentes dos sindicatos filiados à Força Sindical do RJ. O primeiro encontro, no dia 23 de março, em Volta Redonda, no Sul do estado, o presidente da FENEPOSPETRO e do SINPOSPETRO-RJ apresentou o slogan da sua campanha “Força, ação e união por uma central ativa e atuante”. Em abril, Eusébio Neto se reuniu com sindicalistas em Campos dos Goytacazes, no Norte do estado e destacou a importância de desenvolver um trabalho voltado também para o interior. Na última quinta-feira(4), Eusébio apresentou sua plataforma de campanha para os dirigentes da capital, em encontro na sede do SINPOSPETRO-RJ, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio.

HISTÓRICO

Como presidente da FENEPOSPETRO, Eusébio Luís Pinto Neto, representa mais de meio milhão de trabalhadores de postos de combustíveis e lojas de conveniência em todo o país.

A aproximação de Eusébio Neto ao movimento sindical teve início na década de 80, quando lutou pelo retorno da democracia e foi às ruas exigir por eleições diretas no país.

Sindicalista há mais de 25 anos, Eusébio Neto, ajudou a fundar o primeiro Sindicato dos Frentistas, em São Paulo, e a Federação da categoria, na década de 90.

Nos últimos 17 anos, Eusébio Neto ajudou a fundar mais de 50 sindicatos da categoria de norte a sul do país. Eusébio Luís Pinto Neto é o primeiro vice-presidente da Força Sindical do Estado do Rio de Janeiro, além de diretor na Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio, CNTC.

Eusébio Neto ocupa também o cargo de conselheiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - Senac.

* Estefania de Castro, assessoria de imprensa Fenepospetro