23.5.17

SEM PODER, SEM FUTURO, TEMER NAVEGA EM “ÁGUAS TURVAS”. SEM LEGISLATIVO, SEM JUDICIÁRIO, O QUE SERÁ DO PAÍS NOS PRÓXIMOS ANOS?

ROBERTO M. PINHO -


Logo após a bombástica notícia de que Temer comprava a preço de ouro o silêncio do ex-deputado e ex-presidente da Câmara, preso em Curitiba, Eduardo Cunha o presidente Michel Temer anunciou que renunciaria. Em seguida, de forma “definitiva” voltava atrás de sua anunciada decisão. Segundo se especulou, o presidente estava pronto para a renúncia quando foi demovido da ideia.

A OAB aprovou o pedido de impeachment de Temer.  O Ministro Edson Fachin autorizou abertura de inquérito para investigar Temer. As duas informações sinalizam de que Temer aparentemente está praticamente fora do poder. Se não pouco ainda temos a cassação da chapa Dilma – Temer, por improbidade. O processo está na Pauta do TSE.

Leia mais na COLUNA