5.6.17

1- O GRUPO TERRORISTA DAESH (ESTADO ISLÂMICO) ASSUMIU A RESPONSABILIDADE PELO ATENTADO DE LONDRES; 2- PUTIN: EUA INTERFEREM NOS PROCESSOS POLÍTICOS EM TODO O MUNDO

REDAÇÃO -


O grupo Estado Islâmico (EI) assumiu neste domingo (4), por meio de sua agência Amaq, que o ataque de Londres foi promovido por soldados do grupo. O atentado deste sábado na London Bridge e no Borough Market deixou 10 mortos, entre eles 7 vítimas e 3 terroristas.

Rita Katz, diretora do SITE Intel Group, que monitora a ação de grupo jihadistas na internet, postou no Twitter a reivindicação do EI.

De acordo com a agência Reuters, o EI difundiu uma mensagem no sábado de manhã pelo aplicativo Telegram convocando seus seguidores a promover ataques com caminhões, facas e armas durante o Ramadã, mês sagrado de jejum e orações para os muçulmanos.

Os terroristas envolvidos no ataque ainda não foram identificados. A polícia de Londres disse que vai divulgar seus nomes “assim que seja operacionalmente possível”. O que se sabe é que três terroristas foram mortos pela polícia, mas não está claro quantos agiram no total e se alguém conseguiu fugir.

Entre a primeira ligação aos serviços de emergência reportando o ataque e a morte dos três terroristas foram 8 minutos. Policiais dispararam 50 balas contra os terroristas. (…) (via G1)

***
Putin: EUA interferem nos processos políticos em todo o mundo

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que os EUA interferem nos processos políticos em todo o mundo, mas alegam que a Rússia iterferiu nas suas eleições, embora tal invervenção não faça sentido para a Rússia.

"Eu não quero ofender ninguém, mas os Estados Unidos interferem ativamente nas campanhas eleitorais em todo o mundo", disse Putin em entrevista ao canal NBC.

Segundo ele, "não há lugar que se ponha o dedo no mapa do mundo, em todos os lugares terão queixas de que oficiais americanos interferem em seus processos políticos internos".

"Por isso se alguém, eu não digo que somos nós — nós não interferimos —, mas se alguém influencia de alguma forma ou tenta influenciar, ou busca participar destes processos, daí os Estados Unidos irão se ofender por nada", disse o líder russo.

Ao comentar as acusaçõe de Washington sobre a suposta interferência russa nas eleições norte-americana, Putin frisou que a Rússia não teve nenhum canal de comunicação com nenhuma das sedes dos candidatos à presidência dos EUA. (via Sputnik)