4.6.17

1- ROCHA LOURES VAI PARA A PAPUDA; 2- POLÍTICOS FINANCIADOS POR FABRICANTES DE ARMAS LANÇAM VAQUINHA PARA DAR MEDALHA A “CIDADÃOS DE BEM”; 3- ESCRITOR, EX-DROGADO, CONTA COMO É A CRACOLÂNDIA POR DENTRO [VÍDEO]

REDAÇÃO -

Rodrigo Rocha Loures, o homem da mala, vai para a Papuda.


Até segunda feira, o ex-deputado federal (PMDB-PR) e ex-assessor especial de Michel Temer continuará ocupando uma cela na Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal, para onde foi levado por volta de 6h da manhã de sábado.

A transferência para a Papuda ocorre na segunda-feira, dia 5.

***
Políticos financiados por fabricantes de armas lançam vaquinha para dar medalha a “cidadãos de bem”

Frente Parlamentar Mista Armas Pela Vida foi lançada na quarta-feira (31) no Salão Nobre da Câmara dos Deputados. O evento reuniu os deputados federais e senadores que apoiam flexibilizações na legislação sobre armas de fogo, além de pesquisadores e especialistas em segurança pública.

“A criação deste grupo dará ainda mais musculatura à bandeira que defendemos. Anos atrás éramos meia dúzia de vozes isoladas aqui em Brasília. Hoje já somamos dezenas de parlamentares contra o desarmamento civil”, afirmou Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), autor do PL 3722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03) e estipula critérios para a compra, posse e porte de armas e munições no Brasil.

“A principal mudança que proponho é o fim da discricionariedade para o registro de uma arma. Atualmente, é necessária a comprovação da ‘efetiva necessidade’ ao delegado da Polícia Federal, que tem poder de decisão sobre o registro. Pelo projeto, ficam estipulados critérios técnicos para a compra de armas legais”, destacouPeninha.

A proposição também estabelece que, para adquirir uma arma de fogo, seja necessário ter 21 anos (atualmente a idade mínima é 25), comprovar residência fixa e renda lícita, não possuir antecedentes criminais, não estar sendo investigado em inquérito policial por crime contra a vida, comprovar sanidade mental e ter sido aprovado no curso de manuseio de armas e tiro.

No Facebook, o bando está organizando uma vaquinha para entregar uma medalha para “o cidadão de bem que usar uma arma para salvar a vida de um inocente”. Pedem doações. “Quanto maior for a contribuição, mais pessoas serão condecoradas. Chegou a hora de voltarmos a honrar os heróis. Contribuindo, essa homenagem também será sua!” (com informações do site da Câmara)

***
O escritor Márcio Américo, ex-drogado, conta como é a cracolândia por dentro