1.7.17

NEM LEÃO DA NEMEIA, NEM HIDRA DE LERNA, O HÉRCULES CONTEMPORÂNEO ENFRENTA A BANCA ANGLO-AMERICANA

Por PEDRO AUGUSTO PINHO -


É difícil, reconheço, muito difícil, para os que nasceram ouvindo falar do perigo comunista, surpreenderem-se com a realidade muito diferente daquela que cresceu aprendendo. Porém o grande inimigo, deste ludibriado cidadão ou cidadã, e de toda humanidade, é a banca. E, qual fênix, ela renasce a cada transformação social, quer pela mudança tecnológica, quer pela insurreição de um gênero, uma raça ou uma classe.

Leia mais em POLÍTICA

* Via e-mail. Pedro Augusto Pinho, avô, administrador aposentado.