3.7.17

O MARACANÃ, A DITADURA E A SUÍTE PARA TRANSAR AO SOM DOS GOLS; O QUE ESTAMOS VIVENDO?

WILSON DE CARVALHO -


Construído e reformado várias vezes com dinheiro público, roubado, inclusive, o Maracanã tem que voltar ao domínio da Prefeitura, com o afastamento da péssima concessionária Odebrecht. Não fosse o governo Cabral-Pezão, a Odebrecht já teria sido afastada por descumprimento do contrato. Principalmente pelo abandono criminoso do estádio, só retornando após decisão da Justiça. Reduzindo-se as despesas do Maracanã, conforme aconteceu em outros governos, o estádio dará lucro a todos com público maior e ingressos a preços justos. Era assim. Mesmo depois da extinção da geral, tinha até setor com ingressos a um real. O problema é que o ex-governador e a empreiteira, para lucrarem mais, implantaram muito luxo e, acreditem, até suíte com visão para o campo e o direito de transar ao som dos gols.

Poucos sabem ou perceberam isso.

Em consequência, preços altos para os ingressos e aluguel do estádio, contrariando a massa trabalhadora, pobre, quem realmente enche os estádios. Por isso mesmo, a torcida do Flamengo vem pressionando contra os altos preços dos ingressos no estádio da Portuguesa, na Ilha do Governador. Dos 16 mil ingressos colocados à venda, há sempre uma sobra de quatro mil, em média. E que irá aumentar. Principalmente se o time do Flamengo cair de produção. Inteligentemente, o Fluminense não precisou gastar R$ 12 milhões e fez parceria com o América, a exemplo do homônimo mineiro com o Atlético. No caso do Rio, melhor ainda, pois o Fluminense paga apenas R$ 15 mil de aluguel pelo excelente estádio do América e em local privilegiado, logo após a estação de Anchieta, com ônibus e trens para toda a Baixada e o Rio, e nas proximidades da estação Pavuna, do Metrô. Com média de público, sempre que o time tricolor está bem, de dez mil pagantes. De qualquer forma, o ideal é pressionar o Pezão(Cabral) no sentido de atender o pedido do prefeito Marcelo Crivella para a volta do Estádio Municipal do Maracanã, transferido para o governo do Estado por manobra da ditadura militar. A exemplo do Teatro Municipal.

O QUE ESTAMOS VIVENDO?

Vocês viram as regalias do Cabral em Bangu 8, mostrados pela TV ? Hahaha! E o conforto na prisão-vip (....) de Benfica, para onde foi transferido? Hahaha! Um tapa na cara de todos nós. Teve também a volta do senador Aécio Neves à atividade normal (....) e mais mortes de vítimas inocentes em tiroteios. Desta vez, na Mangueira, antes notabilizada apenas pelo samba. Mãe e filha assassinadas. Querem mais? Dezenas de policiais militares presos em São Gonçalo, por associação com traficantes.Sinceramente, não sei o que estou vivendo. Seria um pesadelo? Não, nada disso, é o circo dos horrores chamado Brasil.