25.10.17

DEBANDADA, AUSÊNCIA QUE DEVERIA SER CONSAGRADA HOJE, NA CÂMARA, MAS SERÁ VERGONHOSAMENTE SUBSTITUÍDA PELA PRESENÇA DESMORALIZADA

HELIO FERNANDES -

A transformação em realidade, da primeira palavra, poderia se constituir no início de uma recuperação e a constatação da esperança perdida. O país está dizimado, o povo abandonado, o futuro contaminado pela ambição desastrada e pela corrupção desenfreada. Ha uma votação marcada e pronta para começar, a um custo destruidor. E com o resultado antecipada e criminosamente conhecido.

Números sordidamente cooptados, serão confrontados com outros ingenuamente movimentados. Uma batalha sem combatentes, tudo já foi acertado, combinado, coordenado, nos 3 palácios que o presidente usa para enriquecer e corromper e não para governar.

Leia mais na COLUNA