31.10.17

O POVO NÃO É BOBO

Por ANDRÉ MOREAU -


Ao contrário do que "desejava a opinião pública", ou seja, do desejo de setores da classe média que operam em diários e ou veículos de radiodifusão interesses dos oligarcas, proprietários de jornais e concessionários de rádios e televisões, os moradores de Niterói votaram não ao projeto de armar a Guarda Municipal, do Prefeito Rodrigo Neves.

Setenta por cento da população de Niterói, segundo membros da própria prefeitura, sabe que diante de tantos problemas estruturais, como falta de verba para saneamento básico, educação e saúde, é no mínimo apelação, propor gastar dinheiro com armas e treinamento de guardas.

Cumpre ressaltar que o voto na consulta pública de 29 de outubro, não era obrigatório, mesmo assim foram apurados treze mil quatrocentos e setenta e oito (13.478) votos contra, ou seja, setenta por cento (70,9%) e cinco mil quatrocentos e setenta e oito (5.478), a favor, vinte nove por cento (29,1%). Vinte cinco (25) eleitores anularam o voto e oito votaram em branco.

Os colégios eleitorais foram abertos às 8 horas e os moradores votaram através de cédulas de papel nas quais responderam “sim” ou “não” à pergunta: “Você é a favor do uso de armas de fogo pela Guarda Municipal de Niterói?”. A votação foi encerrada às 17h.

* Via blog Jornal da ABI/André Moreau, é Coordenador-Geral da Pastoral IDEA, jornalista e cineasta, Coordenador da Chapa Villa-Lobos, arbitrariamente impedida de concorrer à direção da ABI (2016/2019) e diretor do IDEA, Programa de TV., Canal Universitário de Niterói – Unitevê, Universidade Federal Fluminense (UFF).