18.11.17

1- VOX POPULI: LULA LIDERA EM TODOS OS CENÁRIOS; HUCK TEM 2% DAS INTENÇÕES DE VOTO E REJEIÇÃO DE 66%; 2- “VOU TRAZER DE VOLTA NOSSA SENSUALIDADE. EU TENHO UMA PEGADINHA BEM BRASILEIRA”, DIZ DR. REY, CANDIDATO A PRESIDENTE

REDAÇÃO -

Os resultados da última pesquisa CUT/Vox Populi:


Se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, o ex-presidente Lula, admirado por 64% dos brasileiros, ganharia no primeiro turno, aponta nova pesquisa CUT/Vox Populi, realizada entre os dias 27 e 30 de outubro.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, o petista tem 42% das intenções de voto contra 16% do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Brancos e nulos somam 15%, e aqueles que não responderam ou não sabem somam 8%.

Com Luciano Huck na parada, Lula fica com 41% e o global fica com 2%. No caso dos outros candidatos, não há variação no percentual. E os que não sabem cai para 7%.

Em simulada com Alckmin, Lula mantém os 42% e Alckmin os 5%. Bolsonaro vai para 17% e Marina para 8%. Ninguém, brancos e nulos alcançam 16% e os que não sabem ou não responderam, 8%. Com Doria, citado por apenas 3% dos entrevistados, Lula sobe para 43%.

Na intenção de votos espontânea, Lula consegue o dobro da soma dos demais, levando-se em consideração Bolsonaro e em disputa que ainda considera dois tucanos no páreo. Com este cenário, Lula vem em primeiro com 35%, seguido de Bolsonaro com 10%, Marina com 2%. Alckmin, Doria e Ciro empatam com 1% cada e Aécio Neves zera. 6% dos entrevistados consideram outros candidatos, 18% não querem ninguém ou votam branco e nulo, e 26% ainda não sabe em quem votar.

No 2º turno, Lula aparece na dianteira de todos nas disputas contra Bolsonaro, Alckmin, Doria, Marina e Huck. Se o oponente for Doria, Lula vai para 51% das intenções de voto contra 14% do gestor de São Paulo. Brancos e nulos ficam com 26% e os que não sabem, 9%.

Contra Alckmin ou Huck, Lula teria 50% dos votos, contra 14% nos dois casos. Se for Huck, os brancos e nulos sobem para 28% e os que não sabem cai para 8%. Caso seja Alckmin, os brancos e nulos chegam a 27% e os que não sabem, 9%. Já com Bolsonaro, Lula teria 49% contra 21% do deputado federal, acompanhado de 23% de brancos e nulos e 8% daqueles que não sabem.

Um segundo turno com Marina daria 48% das intenções para Lula contra 16% da candidata. Brancos e nulos iriam para 27% e 8% não saberia dizer.

Rejeição é um tema forte também. Os tucanos Alckmin e Doriam empatam no índice de rejeição, com 72% dos entrevistados. 14% admitem votar no Alckmin e 16%, em Doria. De certezas, Alckmin carrega 6% e Doria, 3%.

Depois dos tucanos, o mais rejeitado é Ciro Gomes. Na pesquisa, 71% afirmam que não votariam nele de jeito nenhum, 14% admitem votar e 5% votariam com certeza. Huck tem rejeição de 66%, 21% admitem votar e 5% votariam com certeza. Em seguida vem Marina, com 65% de rejeição, assim como Huck, 19% dos que admitem votar e 8% dos que tem certeza que votam. Já Bolsonaro tem 60% de rejeição, com 14% de possibilidades de voto e 16% de certezas de voto.

Lula carrega a menor rejeição, de 39% de entrevistados que afirmam que não votariam nele, contra 15% que admitem votar e 41% dos que votariam com certeza.

A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada em 118 municípios onde 2 mil brasileiros acima de 16 anos foram entrevistados. Foram feitas entrevistas em áreas urbanas e rurais em todos os estados e no Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, em todos os segmentos sociais e econômicos. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%. (via GGN)

***
"Vou trazer de volta nossa sensualidade. Eu tenho uma pegadinha bem brasileira”, diz Dr. Rey, candidato a presidente