12.11.17

A ARROGÂNCIA DE UM ZERO À ESQUERDA

MIRSON MURAD -


Quando César Maia encaminhou seu filhote para concorrer um cargo político, ele foi eleito graças ao prestígio do pai junto ao eleitorado. Naquela ocasião, o paipai dominava a política carioca. Acontece que Rodrigo não deslanchou, não cresceu politicamente com uma atividade pública muito pífia. Agora, sob o governo golpista de Michel MiShell Traidor da Pátria Informante dos States Belo Recatado do Lar Ministério Fichas Sujas Carandiru Audiência Secreta Tarde da Noite Malas de Dinheiro Tem Que Manter Isso Viu Temer, por imposição do Gatinho Angorá, Rodrigo Maia que é genro do genro do genro do genro galgou ao importante cargo de presidente da Câmara dos Deputados. 

Sexta-feira, após o plenário do Congresso ter se esvaziado para que os deputados possam ficar em "dolce far niente" por uma semana inteirinha, questionado pelo repórter da BAND, sua excelência Rodrigo Maia respondeu com muita arrogância, quase agredindo o jornalista, que não havia folga. Como não?