8.11.17

A SINDICALIZAÇÃO É O ÚNICO CAMINHO PARA PROTEGER-SE DA NOVA LEI TRABALHISTA QUE ENTRA EM VIGOR DIA 11

Via FENEPOSPETRO -


A luta desigual que coloca o trabalhador de um lado e o patrão de outro, vai ficar ainda mais acirrada a partir do dia 11, sábado, com a entrada em vigor da Lei 13.467, também conhecida como reforma trabalhista. Diante do atual quadro, no momento em que o Congresso Nacional retira direitos dos trabalhadores e acaba com a representatividade sindical, a sindicalização é o único caminho para se proteger legalmente, além de unir e fortalecer a categoria.

Ao tentar ferir mortalmente os sindicatos, o governo está oxigenando o movimento sindical, que sairá mais revigorado e fortalecido. Os sindicatos são organizações de representação dos interesses dos trabalhadores, criados para compensar o poder dos empregadores na relação contratual, sempre desigual e reconhecidamente conflituosa, entre capital e trabalho. No Brasil, os sindicatos são agentes sociais que reivindicam e organizam a classe trabalhadora no contexto de uma democracia representativa e também participativa, como previsto na Constituição Federal de 1988. Trabalhadores não sindicalizados estão desprotegidos, a mercê dos patrões.

Com a associação ao sindicato, o trabalhador pode exigir que a homologação seja feita na entidade de classe. A homologação no sindicato evita erros, abusos e incoerência por parte das empresas. O sindicato, além de garantir os direitos do trabalhador no ato da homologação - quando são verificadas as verbas rescisórias - também confere se as clausulas da Convenção Coletiva da categoria foram cumpridas durante o pacto laboral.

Sindicalização – O Sindicato é o órgão responsável pela defesa de todos os frentistas e trabalhadores em lojas de conveniência. É quem luta para que os DIREITOS dos funcionários sejam cumpridos. “Precisamos estar unidos para vencer os ataques do capital contra a classe trabalhadora. A reforma trabalhista entrará em vigor um dia após os atos da próxima sexta-feira, sindicalize-se já, nem um direito a menos!”, disse o presidente da FENEPOSPETRO, Eusébio Pinto Neto.

Com um número maior de filiados, os Sindicatos ficam mais fortalecidos, isso significa mais força para importantes conquistas como negociação salarial, garantia de benefícios, entre outros. Essa é a luta do movimento sindical. Uma luta impulsionada pela força dos trabalhadores sindicalizados.

Procure o sindicato da sua cidade, participe do 'Dia Nacional de Lutas' e sindicalize-se!

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO