13.11.17

FRENTISTAS PELO BRASIL NO DIA NACIONAL DE LUTAS, POR NENHUM DIREITO A MENOS!

Via FENEPOSPETRO -


Em mais uma demonstração de força, na linha de frente das mobilizações, frentistas ocuparam as ruas nessa sexta-feira (10), 'Dia Nacional de Lutas, Protestos e Paralisações’. Oito centrais sindicais e movimentos sociais promoveram atividades em diversas cidades brasileiras.

Em São Paulo ocorreu um dos maiores atos. Na capital paulista, cerca de 25 mil pessoas, entre trabalhadores, sindicalistas, dirigentes e representantes de movimentos sociais e da sociedade civil, se reuniram na Praça da Sé para manifestar indignação em relação à nova lei trabalhista e contra o projeto de desmonte da Previdência.

Centenas de trabalhadores, funcionários e dirigentes dos dezesseis sindicatos dos frentistas do estado de São Paulo protestaram alertando a sociedade para os prejuízos aos trabalhadores com a nova Lei 13.467, que entrou em vigor neste sábado (11), da reforma da Previdência, da qual o governo ainda não desistiu. Além das reformas de Temer, o projeto do governo estadual, que congela gastos sociais e salários também foi alvo de muitas críticas.

No Rio de Janeiro, a grande manifestação começou às 16h na Candelária, com dezenas de milhares de manifestantes em caminhada até a Cinelândia. Dirigentes e trabalhadores dos sindicatos do estado do RJ participaram do ato no centro da cidade, também promoveram panfletagens em postos de combustíveis para chamar a atenção dos frentistas e da sociedade, sobre a importância da sindicalização e da participação em atividades políticas para revertermos todas as maldades do governo federal.

Frentista pelo Brasil - Com ativa participação dos Frentistas em todo o país, ocorreram protestos em: Belo Horizonte, na Praça da Estação; Brasília, na Esplanada dos Ministérios; Porto Alegre, na Esquina Democrática; Curitiba, na Boca Maldita; Salvador, caminhada do Campo Grande até a Praça Municipal e manifestação na porta da Previdência Social; Na capital do Ceará, Fortaleza, a caminhada reuniu 10 mil pessoas.

Os Sindicatos dos Frentistas do Espírito Santo (ES), Sorocaba (SP), Belém (PA), Ribeirão Preto (SP), Pelotas (RS), Goiânia e Rio Verde (GO) entre outros, também promoveram relevantes ações no 'Dia Nacional de Lutas, Protestos e Paralisações’, contra a cruel reforma Trabalhista e da Previdência.

Novas ações de luta virão, por nenhum direito a menos!

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO