2.11.17

ILICITUDE BARATA

MIRSON MURAD -


Deu hoje, no noticiário da Globo, (Bom Dia Brasil) que uma cidade na periferia de Brasilia, com 75.000 habitantes, edifícios de até 10 andares, é totalmente, 100% ilegal, por ação de grileiros.

Essa notícia escabrosa só veio à tona porque algumas dessas construções estão caindo, inclusive causando mortes. O nome da "cidade", que tem inclusive administração pública, é José... não me recordo do sobrenome mas, isso não importa, o que seria mais justo seria homenagear o ex-governador Arruda Homem probo, ou Agnelo do mesmo naipe, ou, merecidamente, MiShell Temer. Entretanto, podem homenagear o "Gatinho Angorá" cuja longa vida pública sempre foi pautada por ilicitudes. Como ele é muito vaidoso, como todos gatos de raça, o "ministro" do golpe ficaria muito feliz. Pois é! Assim é o Brasil das peniqueiras de ilicitudes baratas.

Aliás, por falar em baratas, os transportes no Rio estão sob a égide do Barata, apadrinhado de Gilmar Mendes. Por essas plagas, o poder absoluto do Baratão e sua gangue é tanto que eles, mesmos sob investigação, (só está solto o poderoso chefão graças ao beneplácito do ministro Mendes) mandam e desmandam nos transportes. Mudam roteiro das linhas, tiram ônibus de circulação, colocam sucatas para rodar e ainda declaram, com o peito estufado, que continuará assim até que se resolva o aumento das passagens. Quanto aos passageiros. "Que se danem, ora bolas!" Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Leia também:

UM RECADO PARA ALI KAMEL E SEUS SUPERIORES; VÂNDALO ATACA A ESTÁTUA DO POETAPREFEITURA DO RIO DE JANEIRO, QUINTAL DA UNIVERSAL; NOVAMENTE, O MAFIOSO ESCAPOU