22.11.17

MUDOU A PAUTA DO STF

HELIO FERNANDES -

Inesperadamente, e recebida com enorme satisfação a alteração da pauta de quarta e quinta. Amanhã continuaria a votação do foro privilegiado. O ministro Barroso anunciou que passa para  quinta. Não altera o  resultado.

Com isso sobrou a quarta. Não houve reunião, era feriado. Então amanhã haverá sessão. E o ministro Fux, alem de retumbar, "a decisão da Alerj, foi LAMENTAVEL", completou que o  STF deve esclarecer o seu julgado anterior.E não está sozinho ao analisar a degradação da Alerj.

Desde a tormentosa, ruinosa e perigosa  sessão com os fatídicos 6 a 5 a favor dos criminosos, não parei de escrever: o ST vai reexaminar a questão e impedir que corruptos estaduais e municipais, se beneficiem indevidamente. E alem do mais estavam presos, não podiam votar em causa própria. E saíram da prisão, sem ordem judicial. Só quem prende ou liberta é a justiça.

Portanto, fiquemos atentos á reunião do STF, amanhã, quarta. Pode ser a reviravolta a favor da dignidade e da credibilidade.

SEGÓVIA, UM "PAU MANDADO" SEM CONSTRANGIMENTO OU ISENÇÃO

A nomeação foi um desastre anunciado. Ou a subserviência  consagrada e comprometida. Ha anos queriam demitir o diretor Geral da PF que comandava o órgão, com apoio geral. Sem perseguição, exibicionismo, violência. 6 anos de eficiência.

Num dia,numa posse, numa entrevista, atacou o próprio órgão, que teve e tem enorme importância no sucesso da Lava-Jato. Que agora está ameaçadissíma. De forma inédita, a posse foi presidida(?) pelo presidente da Republica. Normalmente, é o Ministro da Justiça que dá posse.

O chefe da PF despacha com o ministro e não com o presidente. Subverteram a hierarquia, para que Temer pudesse, pessoalmente, ouvir e fiscalizar Segóvia, indicado e patrocinado por Sarney. O novo chefe foi gozado, ridicularizado, se mostrou logo servo, submisso e subserviente. Apesar do almoço com champanha, é um titular sem títulos.

Alem de não representar a PF que vem se engrandecendo junto á população, atacou os Procuradores, e disse, "apenas uma mala não prova nada, não garante a  acusação". Esse "pau mandado", é invenção fulminante do Janot. Os Procuradores e representantes da PF no Paraná, foram mais contundentes.

PS- O prazo de Temer está totalmente fora da validade. Se não fosse isso, seria obrigatório afirmar: "Não vai durar muito tempo". Será difícil quase impossível encontrar outro Segóvia.

TEMER-EDUARDO CUNHA - MARUN

O presidente  corrupto, volta  a falar em reforma ministerial. E como na posse, depois da conspiração parlamentar, insiste em convocar pessoas que chama de notáveis. Como os que nomeou a partir de 12 de maio, os de agora são tão depreciados  quanto os outros. Só existe um garantido, deputado Carlos Marun.

Na conspiração que levou Temer á situação em que está, os  nomes coloquei no titulo, formavam um trio invencível. Marun ficou de forma intransigente a favor do  corrupto então presidente da Camara. E depois,  com Cunha afastado, não mais presidente, e sem poder frequentar a Câmara, toda ligação Temer-Cunha, era feita por Marun.

E na noite na cassação de Cunha, Marun vagava pela Câmara, não se afastou. Quando Cunha fez o ultimo discurso publico, Marun estava na base de onde Cunha discursava. Foi o primeiro a abraçá-lo. Agora ganha (se não for vetado) um ministério, que nem sabe qual será. Quantos votos Marun leva para o estremecido desgoverno?

É o ministério de 4 meses. Como todos têm mandato, precisam se desincompatibilizar, para tentar a reeleição ou ficarão sem mandato, sujeitos a raios  e trovoadas. Data limite: fim de março inicio de abril.

PS- É o mesmo problema do  prefeito de SP, que não é político e sim gestor, na imaginação dele.Começou como presidenciável. Passou a governador, disputará uma vaga no senado. Mas isso é outra historia.

PICCIANI VOLTA PARA A PRISÃO

Terminou o julgamento do corrupto Picciani e de mais 2 membros de sua quadrilha.Ontem escrevi sobre o julgamento, com um titulo de duas palavras: UNANIMIDADE NOVAMENTE.

Não dava para errar. Expliquei que havia um movimento para retirar o julgamento da área do TRF2. Não conseguiram, veio a nova e consagradora prisão. Eles têm direito a recurso, mas para o STF. Perderão fragorosamente. E recorrerão já presos.

Os 5 ministros poderiam ter decidido rapidamente, nada do que constituiu a base da primeira sentença, foi desconsiderado ou contestado. E como a primeira sentença  foi APLAUDIDA em praça publica, fizeram questão de examinar minuciosamente, ponto por ponto, os 39 votos que libertaram os corruptos.

Acumularam argumentos para anular a extravagante decisão dos 39 deputados, mas preferiram se basear, e referendar o que está no pedido da Procuradora Regional: "A Alerj extrapolo (textual) seus poderes e obrigações". O resto está nos autos.

Picciani e seus asseclas, foram não só presos mas também afastados. Assim, a Mesa Diretora da Alerj terá que convocar imediatamente os 3 suplentes. Picciani, que se licenciou da presidência, afirmando, "volto em fevereiro", tem todo o direito de retificar o que disse. Pode ser: "Presidente da Alerj, nunca mais".

PS- Agora, com os réus presos, começa o julgamento. Na certa, irão para a Penitenciaria de Benfica.

PS2- Onde Picciani ficou 1 dia, e chamou de DEGRADANTE.  Palavra que identifica a vida do ex-presidente da Alerj.