21.11.17

O SETOR ELÉTRICO SERÁ TEMA DO V SIMPÓSIO SOS BRASIL SOBERANO



O ciclo de simpósios do movimento SOS Brasil Soberano, que aborda o grave momento que o país enfrenta, por meio da discussão de assuntos relevantes para a retomada do crescimento, chega à sua quinta edição. O tema, agora, é o Setor Elétrico – qual o melhor modelo para o Brasil.

Realizado pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e pela Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), em novo formato, o simpósio será exclusivamente transmitido on-line pelo Facebook*. O público pode acompanhar e fazer perguntas via internet.

Serviço:

V SIMPÓSIO SOS BRASIL SOBERANO
O Setor Elétrico
Data: 24 de novembro
Hora: 9h às 14h
Local: Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Av. Rio Branco, 277, 17º andar/Cinelândia)

Palestrantes

José Antonio Feijó de Melo – Professor e Engenheiro Eletricista, formado pela Escola de Engenharia da UFPE. Pertenceu aos quadros da CELPE (Distribuidora Estadual de Energia/PE) e da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Participa da ONG Ilumina (Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Elétrico Brasileiro). Autor do livro As concessões hidroelétricas e o entulho neoliberal, entre outros.

Ronaldo Bicalho – Doutor pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no qual é pesquisador. Trabalha na área de mudanças estruturais e institucionais nas indústrias de energia, com foco na Energia Elétrica e Política Energética.

Wladimir Pomar – Jornalista e escritor, ajudou a fundar o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em 1962. Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores  e integrou a executiva nacional do PT (1984-1990). Colabora regularmente com o jornal Correio da Cidadania e a revista Teoria e Debate. É autor de diversos livros e estudos sobre a China, entre os quais o Enigma chinês: capitalismo e socialismo. E também sobre a história do Brasil e da esquerda brasileira, como Quase lá, Lula e o susto das elites.

A jornalista Alexânia Rossato, da direção nacional do Movimento dos atingidos por barragens/MAB, fará a mediação.

* O V Simpósio vai ao ar, ao vivo, pelo Facebook.