9.11.17

PRESIDENTE DA FENEPOSPETRO BUSCA NOVAS PARCERIAS E MOBILIZA A CATEGORIA PARA OS PROTESTOS DESSA SEXTA-FERIA

Via FENEPOSPETRO –


Seguindo agenda de trabalho repleta de atividades voltadas para a mobilização do ‘Dia Nacional de Lutas’, próxima sexta feira (10), e para o planejamento de ações conjuntas em defesa da categoria, o presidente da Federação Nacional dos Frentistas, Eusébio Pinto Neto, esteve ontem (8) na capital paulista visitando a Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (FUNDACENTRO), situada no bairro de Pinheiros.

Além de tratar de atividades pontuais sobre Segurança e Saúde no Trabalho, que em breve serão desenvolvidas em parceria com a instituição em benefício dos sindicatos filiados a FENEPOSPETRO e sindicalizados de todo o Brasil, o dirigente nacional também esteve reunido com vários sindicalistas, tratando da participação da categoria nos atos contra a nova lei trabalhista, que irão acontecer desde as primeiras horas dessa sexta.

Todos os sindicatos e trabalhadores da base da FENEPOSPETRO estão emprenhados no fortalecimento do ‘Dia Nacional de Lutas’. As atividades, convocada pelas centrais sindicais, tem como principais eixos a anulação da nova Lei Trabalhista (n° 13.467/2017), a luta contra a Reforma da Previdência. A mobilização da categoria ocorrerá em todo o país, frentistas são linha de frente, sexta feira vamos ocupar as principais cidades do Brasil, nossa indignação com esse governo é colossal. O próximo passo será intensificarmos a campanha por novos associados, assim teremos mais chances de reverter todas essas maldades”, frisou Eusébio Pinto Neto.

Os trabalhadores estão sendo massacrados por esse governo e pelos grandes empresários, “só com luta firme e permanente que ao final será permitida a retomada da soberania, das garantias e do futuro da classe trabalhadora”, prevê o vice-presidente da FENEPOSPETRO, Francisco Soares de Souza.

Para Eusébio Pinto Neto a resposta contra essa barbárie tem que vir das ruas, dos trabalhadores e dos movimentos sindical e social.O governo está patrocinando o desmonte do movimento sindical, as entidades de classes precisam renovar suas ações e ir para as ruas mostrar toda sua indignação”. O presidente da FENEPOSPETRO convoca todos os Sindicatos dos Frentistas do país para no dia 10 de novembro, mostrar espírito de luta e a força da classe trabalhadora.

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO