15.11.17

QUERO VER A JUSTIÇA REALIZAR UMA DEVASSA, COMO A DO RIO, NAS MINAS GERAIS DO AÉCIO OU EM SP DO ALCKMIN? [VÍDEO]

EMANUEL CANCELLA -


A sociedade não tem bandido de estimação, para ela bandido bom é bandido preso. Neste sentido, salta aos olhos a ação politico-partidária e seletiva da justiça brasileira.

Que, no caso de Lula do PT, mantém o ex-presidente refém de um juiz, Moro, e de um procurador, Dallagnol, que denunciam e condenam sem precisar de provas.

Moro é o juiz que comandou o escândalo do Banestado, o que o senador Roberto Requião denominou de “Mãe de Todos os Escândalos”, já que a roubalheira desviou meio trilhão de reais. Segundo Requião, o Banestado foi um escândalo exclusivamente tucano, mesmo assim, nenhum deles foi preso (1).

Leia mais e veja o vídeo na COLUNA