21.12.17

CHANTAGENS DO LESA PÁTRIA AUMENTAM COM O OBJETIVO DE PREJUDICAR OS APOSENTADOS

MÁRIO AUGUSTO JAKOBSKIND -


O desespero toma conta das hostes golpistas. A confirmação disso foi dada pelo próprio farsante lesa pátria Michel Temer ao participar da convenção nacional do PMDB e fazer mais uma de suas habituais chantagens. Temer disse que sem a aprovação da proposta da (contra) reforma da Previdência em breve vai faltar dinheiro para pagar aposentados.

Mentira que contradiz o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado sobre a Previdência que comprovou que a mesma é superavitária e não o que afirmam a todo momento os golpistas que seguem a orientação do farsante lesa pátria, que segue em sua investida para enganar a opinião pública ao se referir ao PMDB como MDB em mais uma tentativa de se apresentar como um partido que combateu a ditadura iniciada em abril de 1964.

Setores do então MDB, como os integrantes do chamado Grupo Autêntico o fizeram, mas outra parte do referido partido em que se incluía o próprio farsante e figuras como o então governador (interventor) do Estado do Rio de Janeiro, Chagas Freitas permaneceram fiéis às suas faltas de princípios.

Tanto assim, vale sempre lembrar, que na primeira oportunidade parte ponderável dos oposicionistas pulou fora das hostes emedebistas para não serem confundidos com falsos oposicionistas como Chagas Freitas que compunham com os generais de plantão na calada da noite.

Agora tantos anos depois, figuras como Michel Temer e outros integrantes do governo golpista seguem diariamente com chantagens objetivando aprovar uma contra reforma que mentirosamente dizem que tem por objetivo acabar com privilégios, quando acontece exatamente o contrário.

Como se previa, as chantagens vão aumentando de tom, sobretudo à medida em que os defensores da contra reforma da Previdência sentem que a maré para o lado deles está cada vez mais baixa, ou seja, o povo brasileiro está cada vez mais consciente sobre o que os golpistas estão querendo de fato, a instauração de uma Previdência privada. Mas para que a verdade não apareça sem subterfúgios fazem o possível e o impossível para enganar os incautos com chantagens ameaçadoras.

Temer e seus seguidores querem de qualquer jeito aprovar uma reforma previdenciária que os conhecedores do tema já dissecaram e mostram ao povo o verdadeiro objetivo, também defendido enfaticamente por organismos como o Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Mundial e demais apologistas do mundo financeiro.

Resta aos que conhecem realmente o verdadeiro objetivo do governo que ajudem a informar aos incautos o que está de fato acontecendo, para que acabe de uma vez por todas a mentira dos golpistas.

* Via e-mail/Mário Augusto Jakobskind, é Professor, Jornalista, Escritor, vice-presidente na Chapa Villa-Lobos, arbitrariamente impedida de concorrer à direção da ABI (2016/2019) e Coordenador de História do IDEA, Programa de TV transmitido pela Unitevê - Canal Universitário de Niterói.