18.1.18

1- METROVIÁRIOS DE SÃO PAULO DECRETAM GREVE PARA ESTA QUINTA-FEIRA (18); 2- A INTOLERÂNCIA E OS INTOLERANTES, SEGUNDO MÁRIO SERGIO CORTELLA [VÍDEO]

REDAÇÃO -


Sindicato dos Metroviários de São Paulo decidiu paralisar suas atividades durante esta quinta-feira (18). A decisão foi tomada em assembleia dos trabalhadores nesta quarta-feira.

Os funcionários do Metrô protestam contra a privatização de duas linhas do sistema sobre trilhos em São Paulo: a linha 5-Lilás e a Linha 17-Ouro, ambas na Zona Sul. O leilão dos dois trechos está marcado para sexta-feira.

Uma liminar obtida pelo Metrô determinou que os serviços sejam mantidos, sob pena de multa de R$ 100 mil. A greve, no entanto, foi mantida pelo sindicato.

Além da paralisação, os metroviários prometem realizar um ato público em frente a Bolsa de Valores na sexta-feira, dia em que serão escolhidas as empresas que irão operar as duas linhas.

Com isso, o Metrô deve ficar paralisado durante esta quinta-feira, com exceção da Linha 4-Amarela, que já é administrada pela iniciativa privada.

Em nota, o Metrô disse lamentar a decisão tomada pelo Sindicato dos Metroviários, alegando que a greve prejudicará 4 milhões de usuários. A companha ainda afirmou que acionará seu plano de contingência para garantir o serviço. O Metrô ainda destacou em seu comunicado que o abandono do posto de trabalho implicará em desconto das horas e do Descanso Semanal Remunerado dos metroviários.

"A Companhia conta com o senso de responsabilidade que sempre pautou os metroviários para que mais de 4 milhões de usuários do sistema não sejam prejudicados", afirma a nota. (via O Globo)

***
A intolerância e os intolerantes, segundo Mário Sergio Cortella