23.1.18

1- NÚMERO DE MORTES POR FEBRE AMARELA NO ESTADO DO RIO SOBE PARA SETE; 2- PHA: QUEM DELATOU O LULA SE DEU BEM [VÍDEO]

REDAÇÃO -


Subiu para sete o número de óbitos em decorrência da febre amarela no Rio de Janeiro, de acordo com boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (22) pela Secretaria de Estado de Saúde.

Dos 15 casos confirmados da doença em Valença, três pessoas morreram; em Miguel Pereira houve um óbito; em Teresópolis dois mortos; e em Nova Friburgo, uma pessoa morreu.

- 3 casos - Teresópolis, sendo dois óbitos
- 9 casos - Valença, sendo três óbitos
- 1 caso - Nova Friburgo, sendo um óbito
- 1 caso - Petrópolis
- 1 caso - Miguel Pereira, sendo um óbito

Em Niterói, na região metropolitana do Rio, foi confirmado um caso de febre amarela em macaco.

A Secretaria de Saúde lembra que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos.

Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo ou com movimentos lentos), o cidadão deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município ou do estado do Rio de Janeiro.

A secretaria reforça ainda a importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para se imunizarem.

Rio decide antecipar dose fracionada de vacina contra febre amarela

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro antecipou a utilização das doses fracionadas de vacina contra a febre amarela para quinta-feira (25). Moradores da capital fluminense têm enfrentado longas filas para tomar a vacina contra febre amarela. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), cada posto de vacinação tem autonomia para determinar quantas doses serão aplicadas por dia, seguindo critérios técnicos e de acordo com a capacidade de atendimento de cada unidade. (via JB)

***
Quem delatou o Lula se deu bem