26.1.18

REDE DE POSTOS DA BAHIA PRESSIONA OS TRABALHADORES E SINPOSBA AJUIZA AÇÃO

Via FENEPOSPETRO -

O Sindicato dos Frentistas da Bahia (SINPOSBA) ajuizou ação e denunciou ao MPT postos da Rede Lubrijau por coagirem os Frentistas a venderem gasolina aditivada acima do valor da gasolina comum.


Patrões inescrupulosos existem por todo o território nacional, na Bahia a Rede de Postos de Combustíveis Lubrijau está orientando os gerentes a coagirem os Frentistas a venderem gasolina aditivada, que custa R$ 0,75 centavos acima do valor da gasolina comum.

Segundo apuramos, em alguns casos os Frentistas são obrigados a abastecer os carros com gasolina aditivada mesmo sem o consentimento do cliente por temer represálias por parte da gerencia do posto. Já os trabalhadores que vendem de forma correta o produto solicitado pelo cliente, esses são penalizados com advertências, suspensões e até agressão física e verbal pelo gerente.

NOVA DENÚNCIA - O Sindicato já ajuizou ação de cumprimento contra os postos da Rede Lubrijau e denunciou ao Ministério Público do Trabalho (MPT), resultando um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Antonio do Lago de Souza, presidente do SINPOSBA explica que "diante dos absurdos que a empresa vem praticando de forma vergonhosa, o sindicato encaminhará, mais uma vez, denúncia aos órgãos fiscalizadores e irá acompanhar de perto essa situação para garantir que os Frentistas tenham seus direitos respeitados. Nosso dever é proteger os trabalhadores em postos de combustíveis e lojas de conveniência, estamos de olho".

Os trabalhadores devem denunciar ao sindicato qualquer irregularidade no ambiente laboral, sejam elas administrativas ou das normas regulamentadoras que garantem a segurança, a higiene e a saúde. Sindicalize-se e fortaleça nossa categoria.

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO