19.2.18

1- BURGER KING É CONDENADO POR OBRIGAR FUNCIONÁRIO CONSUMIR FAST-FOOD; 2- SINDICATO DOS JORNALISTAS DO RJ FAZ CONSULTA AOS PROFISSIONAIS DE RÁDIO E TV PARA CAMPANHA SALARIAL 2018

REDAÇÃO -


A 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (São Paulo) condenou o Burger King, uma das maiores redes de hambúrgueres do mundo, a pagar indenização no valor de R$ 10 mil – por danos morais – a um funcionário que recebia lanches no lugar do vale-refeição.

Na ação, o empregado alegou que a rede de fast-food o submetera a uma alimentação prejudicial à sua saúde, diariamente, além de não fornecer alguns benefícios.

Os magistrados concluíram que a imposição patronal aos empregados de ingerir de forma prolongada esse tipo de refeição despreza valores supremos da Constituição Federal. A 4ª Turma considerou também que a atitude da multinacional desrespeita o valor social do trabalho e esvazia o conteúdo da função social da empresa.

A decisão levou em consideração a norma coletiva da categoria, que dava à empresa a opção de fornecer aos empregados refeição gratuita ou vale-refeição. Porém, o Burger King desrespeitou determinações do Ministério do Trabalho e da Saúde quanto a itens que a alimentação fornecida pelo empregador deve conter.

Cardápio - Segundo a norma, alimentação saudável significa "o direito humano a um padrão alimentar adequado às necessidades biológicas e sociais dos indivíduos, respeitando os princípios da variedade, da moderação e do equilíbrio, dando-se ênfase aos alimentos regionais e respeito ao seu significado socioeconômico e cultural, no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional".

O Burger King também foi condenado a pagar multa por não fornecer vale-transporte e pela falta de manutenção dos uniformes. (via Agência Sindical)

***
Sindicato faz consulta aos jornalistas de rádio e TV para Campanha Salarial 2018

Nesta segunda-feira, 19/2, diretores do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro visitam redações de empresas de rádio e TV para uma consulta sobre a proposta dos patrões: 2% de reajuste em todas as cláusulas econômicas da Pauta de Reivindicações dos jornalistas apresentada ao patronato em dezembro do ano passado.

Para o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, a Campanha Salarial 2018 vive um momento decisivo. A proposta apresentada pelos patrões está muito distante dos anseios da categoria. Por isso, antes da próxima rodada de negociação é importante que os jornalistas sejam esclarecidos sobre a proposta das empresas e manifestem sua opinião. (via SJPMRJ)

Nesta segunda, 19/02/18:
Sistema Globo de Rádio – 11hSBT – 11hTV Globo – 13hSport TV – 13h30 e 17h30