16.2.18

BANCOS, PICARETAS, PROMOVEM JANTAR DE APOIO A MORO NOS EUA

EMANUEL CANCELLA -

E a sociedade fica preocupada com a mala do Geddel, do Rocha Loures, considerando a picaretagem dos bancos essas malas é troco.


Uma coisa que me incomoda é ver os banqueiros picaretas se locupletarem a luz do dia.

Enquanto o pacato cidadão se vira para pagar suas contas e manter seu nome limpo. Tem brasileiros se suicidando por problema financeiro, e nas crises esses problemas ficam mais agudos.

E os bancos ficam ligando para casa das pessoas oferecendo empréstimos, verdadeira tortura. Minha esposa qualquer ora me agride. Amor, telefone do banco...banco nãããão!

Esse assedio dos bancos nos telefones domésticos já foi parar no banco dos psicanalistas.

No Brasil o Itaú devendo R$ 25 BI e coloca seu representante, Ilan Goldfajn, como presidente do Banco Central, só no governo golpista de MiShel Temer. E não deu outra a divida foi perdoada.

No governo do golpista Mishel Temer não foi só o Itaú, a Receita Federal perdoou do Santander R$ 338 milhões (4). O Bradesco não ficou de fora o governo Temer teria comprado cerca de 4 bilhões de reais em “títulos podres” (5).

E a sociedade fica preocupada com a mala do Geddel, do Rocha Loures, considerando a picaretagem dos bancos essas malas é troco. E não tem investigação do MPF da PF. Será que as malas do Geddel do loures é para desviar atenção dos bancos?

Na verdade vivemos uma fartura geral, falta hospitais, onde tem, faltam equipamentos, médicos, remédios básicos. Falta dinheiro para salário, desemprego em massa.


Mas tem dinheiro para banqueiros, esses coitadinhos desses banqueiros ficam com 47% do orçamento da União só no pagamento de juros da divida. (1).

No Brasil temos lei de responsabilidade Fiscal, pela qual nenhum governante pode gastar mais do que arrecada (2). E pela PEC, 241, da morte os orçamentos de estados e municípios estão congelados por 20 anos (3).

E incrível o pagamento de juros aos bancos que absorvem 47% do orçamento da União não estão sujeitos a nenhum controle.

Esta morrendo gente no Brasil por falta de recursos, salários atrasados do funcionário publico, educação e saúde depalperadas, diminuíram o reajuste do salario mínimo, do Bolsa Família, congelaram o programa Minha casa Minha Vida e nada de diminuir o repasse para os bancos.

Aí chega a noticia que os bancos, Itaú, Santander e Bradesco vão fazer um jantar de apoio ao juiz Sergio Moro,  como personalidade do ano, nos EUA.

No mesmo local, “No ano passado, quando o prefeito João Doria (PSDB) e o ex-embaixador americano Thomas Shannon foram escolhidos, as mesas principais atraíram 15 patrocinadores. Cada uma com dez lugares, elas garantem acesso privilegiado aos homenageados na festa e custam US$ 26 mil” (5).

Enquanto a sociedade brasileira espera um gesto do Juiz Sergio Moro, Marcelo Bretas do procurador Deltan Dallagnol, todos da Lava Jato, devolvendo o imoral, ilegal, auxilio moradia,  servindo de exemplo a todos os juízes e procuradores, pasmem, Moro vai ser homenageado pelos banqueiros picaretas brasileiro nos EUA (5,6)!

Fonte