14.2.18

‘DIA NACIONAL DE LUTA’ CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA MOBILIZA FRENTISTAS DO RIO DE JANEIRO

Via SINPOSPETRO-RJ -

O Sindicato dos Frentistas do Município do RJ convoca os trabalhadores em postos de combustíveis e lojas de conveniência a participarem, dia 19 de fevereiro, do 'Dia Nacional de Luta'.


De acordo com Mauro Silva, diretor da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco), a reforma previdenciária possui um “DNA inconstitucional”. A retirada de um direito social, informa o auditor, só é permita quando é absolutamente necessária para o reajuste das contas do governo, segundo o Princípio da Proporcionalidade previsto na Carta Magna. A avaliação foi feita no ultimo dia 6, em debate da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado, sobre o relatório final da CPI da Previdência Social.

Em nota divulgada dia 31 de janeiro, as centrais repudiam a campanha enganosa do governo Temer para aprovar a reforma e orientam suas bases a entrarem em estado de alerta e mobilização nacional.

“É hora de unidade para derrotar a Previdência. Nossa entidade considera importante essa decisão, já era hora de definirmos uma jornada de lutas contra a reforma, que reafirma o que já havia sido aprovado na reunião realizada em dezembro com todas as centrais”, disse o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto. E emendou, “também devemos construir uma nova Greve Geral no país, única forma de derrotar de vez os ataques do governo. Mas agora, colocaremos todas as nossas forças para garantir a unidade e realizar um grande dia nacional de mobilizações na próxima segunda-feira (19)”.

‘Se colocar para votar, o Brasil vai parar’. Este é o lema definido unitariamente por todas as centrais brasileiras no final do ano passado e é essa tarefa que precisamos garantir para enterrar de vez essa Reforma da Previdência que representa o fim do direito à aposentadoria no país. Até segunda-feira (19) nossas equipes estão convocando e alertando os trabalhadores para a importância da participação de todos, vamos à luta, por nenhum direito a menos!

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa SINPOSPETRO-RJ