7.2.18

SE VOTAR, NÃO VOLTA! TEMER, TIRE AS GARRAS DA PREVIDÊNCIA [VÍDEOS]

ANDRÉ MOREAU -


O dia 19 é o dia das manifestações de massa contra a PEC da morte (PEC 287), tão propalada em meio a mentiras repetidas como a “reforma da Previdência Social”. Os golpistas inventam que não tem voto, para distrair o povo no jogo do diversionismo midiático e pegar pelo pé, com propinas, os parlamentares que se elegeram com financiamentos de cabresto.

Tudo que o golpista Temer está dizendo, através das propagandas dos veículos de massa, usando o dinheiro do povo, será lembrado nas ruas e nas urnas.

É importante lembrar que as mulheres, nesse golpe misógino, serão as mais prejudicadas. A ameaça atinge mais de 70 % dos cidadãos dos municípios brasileiros que vivem da Previdência Social, de acordo com levantamentos feitos pelos membros da CPI da Previdência Social, presidida pelo Senador Paulo Paim.


A narrativa golpista é acirrada, principalmente, por editores das Organizações Globo, contra o povo brasileiro.

Trata-se da etapa mais cruel, o aprofundamento do desmonte encabeçado pelo ilegítimo Michel Temer.

Além de ser superavitária, os déficits decorrem de isenções para grandes empresas, sonegadores e fraudadores.

Trata-se de mais um choque visando aprofundar o golpe, agora para “quebrar” os trabalhadores, aposentados e pensionistas.

Dizer que a Previdência Social vai “quebrar”, é a primeira mentira propalada pelos golpistas que não falam porque não há previsão de receita na “reforma”.


Seria para não nominar os sonegadores aliados do golpe?


Por isso não há dúvida de que o objetivo dos mentores dessa nefasta fase da história, é favorecer os patrocinadores do golpe de 2016 que operaram as mentiras repetidas visando criar as condições para avançar com o golpe que teve sua fase inicial com a derrubada da Presidenta Dilma Rousseff, sem grandes manifestações.

A ordem agora é empurrar a classe média para a pobreza e o pobre para a miséria extrema.

A tragédia anunciada é semelhante a que foi implantada no Chile pelo ditador Augusto Pinochet, sob a orientação dos Chicago Boys que usaram a teoria de choques do economista Milton Friedman.

A PEC da morte precisa ser repudiada por todos os trabalhadores, inclusive por parlamentares que devem se lembrar: “se votar, não volta” - para o Congresso Nacional.


No final do ano de 2017 a Shell, dentre outras multinacionais, foi isentada de pagar 1 trilhão em impostos.

Cumpre ressaltar que o Banco Central tem mais de 1 trilhão e duzentos bilhões no cofre, para financiar o rentismo dos bancos e esses golpistas ainda têm a petulância de ameaçar o povo.

* André Moreau, é Professor, Jornalista, Cineasta, Coordenador-Geral da Pastoral de Inclusão dos "D" Eficientes nas Artes (Pastoral IDEA), Diretor do IDEA, Programa de TV transmitido pela Unitevê - Canal Universitário de Niterói e Coordenador da Chapa Villa-Lobos - ABI - Associação Brasileira de imprensa, arbitrariamente impedida de concorrer à direção nas eleições de 2016/2019.